Biglietto acquistato, amico!

Jogo de volta entre Juventus e Mônaco não teve surpresas. Na Itália a “Veccia Signora” venceu, pela segunda vez, o time de Falcão García, Mbappé e companhia. Os alvinegros fizeram o que sabem: deram campo e “cozinharam” o adversário.

O Mônaco bem que tentou marcar ainda no primeiro tempo, mas suas investidas, com fome de gols, deram espaços para os contra-ataques maquiavélicos da Juventus. Com esse encaixe de jogo não poderia dar outra: due gol italiani ainda nos primeiros 45 minuros. Um tento foi de Mandzukic, que recebeu passe aéreo de Daniel Alves – esse está deixando o Barcelona de cabelo em pé por ter sido dispensado pelos catalãs – e, depois da defesa de Subasic no primeiro arremate, estufou a rede ao chutar a palla, já com o goleiro caído. O segundo gol foi marcado pelo lateral demitido do Barcelona, sim, ele mesmo: Daniel Alves, que, de “prima” e de fora da área, mandou um foguete no canto esquerdo, depois do arqueiro do Mônaco afastar o perigo provido de um escanteio.

O primeiro tempo acabou em due a zero pró Veccia. A segunda fase do jogo foi uma típica aula de “guardar a vantagem”, pois a Juve, quando com a bola, gastava tempo e ameaçava o gol monegasco. Até que, aos 24 minutos, a promessa francesa apareceu como um raio na pequena área de Gigi Buffon – que nada pôde fazer – e, enfim, marcou o tão sonhado gol que os adversários tanto buscavam e não conseguiam fazer nos alvinegros neste mata-mata. Depois do gol de Mbappé o Mônaco ensaiou uma pressão entretanto não deu em nada. Ou melhor, serviu para ascender o espírito de briga nos jogadores, pois o zagueirão monegasco Glik começou a tirar a paciência dos italianos ao pisar a coxa de Higuaín – que estava ao chão – intencionalmente. Depois foi a vez do croata Mandzukic ser o alvo de Glik ao ser cotovelado pelo polonês. A partir daí o Mônaco tentava, tentava e tentava e a Juventus tirava, tirava e tirava o perigo de sua área. Até que o árbitro holandês Björn Kuipers encerrou o confronto.

Com o 2 a 1 na Itália mais o 2 a 0 em Mônaco, a Juve avançou à Grand Final e agora aguarda o qualificado do duelo madrilenho entre Real e Atlético. O National Stadium of Wales, Cardiff, País de Gales, será o palco da decisão. A Veccia Signora já garantiu sua presença no dia 3, de junho, para disputar sua nona final e brigar pelo seu terceiro título.

Sobre Leonardo José

Leonardo José já escreveu 382 posts nesse site..

Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo