Benfica x Rio Ave – Prognóstico pelas quartas de final da Taça de Portugal

- Riovistas visitam Águias de olho em repetição de 2017-2018
Benfica x Rio Ave

Nesta terça-feira (14), Benfica e Rio Ave entram em campo em jogo válido pelas quartas de final da Taça de Portugal. Assim, a partida acontece às 18h15 (horário de Brasília) e terá como palco o Estádio da Luz, em Lisboa. Dessa forma, as Águias chegam embaladas por mais duas vitórias no começo de 2020 e a tranquila liderança da Liga NOS. Enquanto que os Rioavistas, na primeira página do nacional, se voltam para a competição mata mata em busca de repetir 2017/2018.

BENFICA

Após superar o Braga por 2 x 1 nas oitavas de final, o Benfica chega às quartas de final da Taça de Portugal embalado depois de duas vitórias em 2020. Assim, já não perde a 12 jogos entre Liga NOS, taças nacionais e Champions League. Dessa forma, pelo certame mata mata já soma três triunfos em três jogos com oito gols marcados e apenas dois sofridos. Logo, demonstra consistência defensiva e um ataque com média de quase três tentos por jogo. A esperança da classificação recai nos pés de Pizzi, melhor jogador das Águias, e do brasileiro Carlos Vinicius, destaque da equipe na temporada, juntos somam 50 gols.

RIO AVE

Já o Rio Ave, com algumas oscilações, faz uma boa temporada pela Liga NOS, lutando para encostar no G4 das copas europeias. Assim, pela Taça de Portugal, em três jogos, venceu as três partidas. Um dado a favor é marcou quatro gols e ainda não foi vazado pela competição mata mata. Em contrapartida, até o momento, só enfrentou clubes de divisões inferiores e saiu vencedor por placares mínimos. Sendo assim, este é o primeiro, e talvez o principal, teste dos Rioavistas no certame. No elenco, se destaca o atacante iraniano Mehdi Taremi com sete gols e o meia brasileiro Filipe Augusto com 11 assistências.

RETROSPECTO

Historicamente, Benfica e Rio Ave já se enfrentaram em 61 ocasiões. Assim, a ampla vantagem é das Águias com 45 vitórias contra apenas cinco vezes em que os Rioavistas saíram vencedores. Logo, houve mais 11 empates. Dessa forma, o desequilíbrio se verifica no poderio ofensivo: 129 x 45. Além disso, os Benfiquistas não perdem a cinco confrontos. No entanto, a última vez que as equipes se encontraram em uma Taça de Portugal, os Vilacondenses eliminaram o clube de Lisboa na prorrogação das oitavas de final, por 3 x 2.

APOSTA INDICADA

Assim, a partida coloca frente a frente duas equipes que fazem boa temporada. Enquanto que o Rio Ave, dentro de suas limitações, está na briga por vaga na Europa League e chega as fases agudas da Taça de Portugal. A única baixa do Benfica foi a eliminação na Champions League, mas no nacional é líder absoluto. Dessa forma, com um ataque atuante e forte com a dupla Pizzi e Carlos Vinicius em grande fase, os Rioavistas não devem ser páreo para as Águias. Além disso, jogando no Estádio da Luz, os mandantes só perderam uma vez na temporada, para o Porto. Neste jogo, a Rivalo paga 1.28 na classificação encarnada.

Odds: 1 (1.28) | x (6.00) | 2 (9.00)

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 537 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

365 Scores

BetWarrior


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Topo