Belém vai parar!

Amanhã tem mais uma decisão no Campeonato estadual do Pará. Remo x Paysandu se enfrentam mais uma vez, na imensa história do clássico RE-PA, no palco maior do futebol do Norte: o Mangueirão.

Pelo lado remista, o técnico Josué Teixeira, vai poder contar com Flamel que volta de contusão, após um mês no departamento médico. Ele que se tornou a principal referência do time, após a saída conturbada de Eduardo Ramos que saiu colocando o time na justiça, cobrando os seus direitos no valor de pouco mais de 400 mil reais. A outra baixa da equipe é a ausência do volante Elizeu por opção do próprio comandante azulino.

Pelo lado da Curuzu, o técnico Marcelo Chamusca quer se recuperar frente ao rival, depois da derrota no meio de semana pela Copa Verde, diante do Luverdense fora de casa por 3 x 1. Para isso o comandante fez treinos leves desde o dia seguinte ao resultado negativo e não tem grandes desfalques. O time se mantém em regime de concentração até então.

O jogo tem todos os elementos para ser emocionante, uma final chama atenção e é sempre emocionante do início ao fim. Lembrando que o primeiro jogo terminou empatado em 1 x 1 e caso o empate se mantenha também nesse jogo, a decisão irá para os pênaltis e a aflição dos torcedores vai à mil. Por isso, casa cheia para o espetáculo de múltiplos capítulos em sua história gloriosa do Clássico Rei da Amazônia.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 777 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo