Balanço de transferências do mercado da bola chinês

Com volta prevista para março, equipes chinesas não poupam esforços e trazem grandes medalhões para a Superliga 2019

O Campeonato Chinês só volta em março e a janela de transferências só fecha no final de fevereiro. Após um fim de ano parado, o início de ano tem sido badalado e vamos às principais negociações dentre entradas e saídas do futebol chinês. Eleito melhor jogador, artilheiro da última Superliga Chinesa e campeão, o atacante chinês Wu Lei acertou sua transferência para o Espanyol de Barcelona e já estreou pelo clube espanhol, vestindo a camisa de número 24. Para ocupar o seu lugar, o Shanghai SIPG não fez nenhuma contratação, até então.

Já o Guangzhou Evergrande apostou em uma promessa peruana para voltar ao caminhos dos títulos, trata-se de Roberto Siucho, de 22 anos, que estava no Universitario, do Peru, e também de Seleção Peruana Sub-20. Seu rival de cidade, o Guangzhou R&F, rescindiu com o volante Júnior Urso, este que acertou com o Corinthians.

Em contraponto, contratou o “Messi israelense”, Dia Saba, de 26 anos, que foi artilheiro e melhor jogador da última Premier League Israelense. Mas a grande contratação do time e que briga para ser a mais importante da janela de transferências, foi a chegada de Mousa Dembélé, o volante belga ex-Tottenham e Seleção Belga. O meio-campista acertou sua transferência pela bagatela de 18 milhões de euros.

O Tianjin Teda não ficou para trás e acertou a contratação do alemão Sandro Wagner, ex-Bayern de Munique. Foram cinco milhões de euros para os Bávaros liberarem o jogador que sofria com a forte disputa de posição com o polonês Lewandowski e seu compatriota Thomas Müller. O campeão da Chinese League One, a 2ª divisão chinesa, o Wuhan Zall, se reforçou bem para disputar a Superliga. Acertou as saídas do boliviano Marcelo Moreno e do brasileiro Pedro Júnior. Mas trouxe nomes mais badalados, como o camaronês M’Bia, ídolo do Olympique de Marseille e do Sevilla, e o atacante brasileiro destaque na Espanha nas últimas temporadas, Léo Baptistão.

E quem disputa com Dembélé o título de principal contratação do futebol chinês é seu compatriota, o também belga Fellaini. O volante trocou o banco de reservas do Manchester United para o estrelato no Shandong Luneng, time dos brasileiros Gil e Roger Guedes e do italiano Graziano Pelè. Vale ressaltar que Diego Tardelli já rescindiu com Luneng e busca um novo clube, estando livre no mercado.

O único time que não fez grandes contratações e está comedido no mercado, até então, é o Beijing Guoan, de Renato Augusto, campeão da última Copa da China. Fizeram apenas quatro contratações e três delas estrangeiras, mas nenhuma conhecida no cenário mundial. O eslovaco Marek Hamsik é outro gringo que está perto de chegar, mas alguns desacordos por verbas vem adiando a transferência, uma vez que se juntaria ao belga Yannick Carrasco no Dalian Yifang.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1039 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo