Bahia usará camisa manchada de óleo

- Clube fará ação referente ao vazamento de petróleo nas praias do Nordeste
Camisa do Bahia em protesto ao vazamento de óleo no Nordeste

Nesta segunda-feira (21), o Esporte Clube Bahia usará camisas manchadas a óleo. Portanto, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o clube baiano enfrentará hoje (21), às 19h30 (horário de Brasília), o Ceará. Mas, esse duelo irá contar com algo diferente. Sendo assim, o jogo terá o manifesto do Tricolor em defesa as praias do Nordeste, que estão sofrendo com o vazamento de petróleo.

Apesar de ser uma ocasião específica, a diretoria do Tricolor Baiano pediu testes para comercializar o uniforme manchado aos seus torcedores. Em contrapartida, segundo informações do próprio Bahia, o time vai leiloar os uniformes utilizados no confronto desta noite e o dinheiro todo será doado. Dessa maneira, o mesmo ajudará alguns grupos que estão participando da limpeza das praias.

https://twitter.com/ECBahia/status/1186030616049049600

Sobre o vazamento

As manchas de óleo apareceram inicialmente na Paraíba e se alastraram para 171 municípios dos nove estados nordestinos. Entretanto, a substância encontrada é a mesma em todos os locais: petróleo cru. Por conta disso, o fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impacto nas cidades litorâneas. Já na Bahia, as manchas apareceram no início de outubro. Além de Itacaré, houve registro da substância nas cidades de Vera Cruz, Itaparica, Salvador, Jandaíra, Lauro de Freitas, entre outros. Apesar de todo o impacto, a origem das mesmas ainda está sob investigação.

Manifesto Completo:

” O problema é seu. O problema é nosso.

Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?

O Bahia é você, somos nós, cada ser humano.

É a forma como representamos o amor, o apego, o chamego, o sagrado, a justiça. O Bahia é a união de um povo que vibra na mesma direção, que respira o mesmo ar e que depende da mesma natureza para existir, para sobreviver.

Jogaremos nesta segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu, com a camisa do Esquadrão manchada de óleo.

Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética e as leis que regem e viabilizam a humanidade?

A barbárie deve ser tratada como tal, não como algo natural. ”

Com isso, essa é mais uma das ações que o Bahia promove dentro do campo. A última delas ocorreu no jogo contra o Fortaleza. O confronto aconteceu em setembro e foi válido pela 19ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, as bandeirinhas de escanteio ganharam o tom arco-íris. Dessa forma, o mesmo foi um sinal de protesto contra a homofobia.

Foto destaque: Divulgação / EC Bahia

Pedro Camargo

Sobre Pedro Camargo

Pedro Camargo já escreveu 43 posts nesse site..

Meu nome é Pedro Camargo, tenho 20 anos e estudo Jornalismo na Universidade Paulista (UNIP).Escolhi jornalismo pois, desde criança, ouvi que teria que fazer algo que eu gostasse e, sempre fui apaixonado por esporte, seja jogando ou falando sobre.Meu sonho de pequeno era ser jogador, mas, acredito que achei na escrita um modo de me expressar, conseguir transmitir o que tenho à dizer e informar ao leitor sobre os acontecimentos esportivos.

365 Scores

BetWarrior


Pedro Camargo
Pedro Camargo
Meu nome é Pedro Camargo, tenho 20 anos e estudo Jornalismo na Universidade Paulista (UNIP).Escolhi jornalismo pois, desde criança, ouvi que teria que fazer algo que eu gostasse e, sempre fui apaixonado por esporte, seja jogando ou falando sobre.Meu sonho de pequeno era ser jogador, mas, acredito que achei na escrita um modo de me expressar, conseguir transmitir o que tenho à dizer e informar ao leitor sobre os acontecimentos esportivos.

Artigos Relacionados

Topo