Possíveis azarões em campo pela Champions League

- O grupo D vem equilibrado e com jogos que prometem ser bastante iguais durante a competição
Possíveis azarões em campo pela Champions League

O Grupo D também será destaque na tarde desta terça-feira (18), na abertura da Champions League. No papel, a chave mais equilibrada do torneio, por ser formada por times praticamente no mesmo nível de elenco e atuação. A promessa é de grandes jogos por todas as rodadas da competição.

Grupo A – UEFA Champions League

Schalke 04 x Porto

Os momentos são completamente opostos na Veltins-Arena. O Schalke vive um momento bastante conturbado no começo da temporada, com três derrotas em três jogos pela Bundesliga. A esperança de gols está em Mark Uth, que foi um dos artilheiros em 2017/2018, mas ainda não balançou as redes adversárias. No Porto, o quarto lugar da Primeira Liga ainda não é satisfatório. Quem sabe uma vitória na principal competição do ano, pode elevar a moral do time para a sequência de jogos que vem por aí. A legião brasileira também dá as caras no duelo e Casillas tentará ser o muro intransponível dos adversários.

https://twitter.com/FCPorto/status/1041755675234377728

O retrospecto mostra os alemães em vantagem no confronto. São duas vitórias contra uma dos portugueses, além de um empate. A última vez que se encontraram, foi no Estádio do Dragão, na temporada 2007/2008, com a vitória do Porto por 1 x 0, decisão nos pênaltis e vaga garantida para as quartas de final naquele ano, para o time da casa.

Galatasaray x Lokomotiv

Outros dois candidatos para a próxima fase, se enfrentam na Turk Telekon Arena, em Istambul. Os turcos retomaram a liderança local, ao vencer o confronto direto contra o Kasimpasa, na última sexta-feira (14). Assim, tentam também fazer bonito no cenário europeu. Para isso, o jovem Onyekuru é o grande nome para conseguir os gols necessários. Na defesa, o goleiro e ídolo Muslera tenta mostrar segurança para os companheiros. Já em território russo, o Lokomotiv tenta virar a chave da temporada que começou nada agradável em casa. Em décimo lugar no Campeonato Russo, o time aposta todas as suas fichas em Farfán e Denisov, dois dos mais experientes jogadores do elenco.

Em dois duelos no confronto geral, uma vitória para cada lado, e fora de casa. O último jogo aconteceu na temporada 2002/2003, com vitória do Lokomotiv pelo placar de 2 x 1, ainda na primeira fase de grupos do torneio.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 895 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo