Avaí x Cruzeiro – Prognóstico dos aflitos

Times lutam para sair da zona ingrata do rebaixamento
Avaí x Cruzeiro - 14ª rodada

Neste domingo (11), o Brasileirão terá continuidade com o duelo entre Avaí e Cruzeiro. A partida acontece às 19h (horário de Brasília), na Ressacada, em Florianópolis. A princípio, os times estão em péssimo momento, com o Cruzeiro, inclusive, perdendo treinador no meio de semana. Sendo assim, a promessa é de um jogo emocionante, em busca da vitória para espantar a crise.

Avaí

A semana foi de mistério no Leão da Ilha. O técnico Alberto Valentim treinou de portões fechados durante a quinta-feira (8). Para enfrentar o Cruzeiro, os catarinenses não terão Igor Fernandes que está suspenso. Em seu lugar deve surgir Paulinho. André Moritz é outro que não entra em campo, pois foi expulso contra o Botafogo na partida anterior. Além disso, Eduardo Kunde e Luanderson brigam por vaga na defesa, na vaga de Marquinhos Silva. Já Brenner e Lourenço são opções para o ataque, com Daniel Amorim machucado. Buscando a primeira vitória no campeonato, o Avaí tem números nada agradáveis. O ataque marcou apenas cinco gols, porém, ainda é o segundo pior do setor, vencendo o CSA. Em contrapartida, a defesa tomou 18 tentos, nove deles nos últimos cinco compromissos.

Cruzeiro

A situação da Raposa não é diferente do rival desta rodada. Em 18º lugar na tabela, o clube tem apenas 10 pontos conquistados e duas vitórias, incluindo oito jogos sem fazer gols no ano. Para completar, o time perdeu a partida da Copa do Brasil, contra o Internacional, e junto o técnico Mano Menezes. Provisoriamente, Ricardo Resende comandará o time até a chegada de um novo comandante. Thiago Neves e Fred não estão disponíveis para o confronto, pois estão suspensos. O técnico ainda não confirmou seus substitutos, por isso mantém o mistério. O clube marcou nove gols no campeonato, apenas um nos últimos seis jogos feitos. Porém, são 20 gols sofridos, ganhando apenas de Fluminense e Chapecoense no quesito.

Retrospecto

Segundo o site Ogol.com, os times se enfrentaram apenas 10 vezes em toda a história. O confronto se mostra equilibrado com seis empates, três vitórias cruzeirenses e uma avaiana. Na Ressacada, são três igualdes e uma vitória para cada lado. O último encontro foi em 2017, com o placar de 2 x 2, no Mineirão.

Aposta Indicada

Com os números colocados na mesa, espera-se um jogo equilibrado. As duas equipes vivem uma fase desagradável na temporada, e buscam se reerguer. Dessa forma, a busca por gols será intensa, por isso a sugestão é nos dois times marcando gols. A Rivalo está pagando 2,10 pela aposta.

Odds: 1 (3,00) | x (3,10) | 2 (2,50)

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 855 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo