Atlético-PR x Atlético-GO – Um duelo de opostos na Arena

O Atlético Paranaense recebe o Atlético Goianiense na Arena da Baixada, nesta quarta (11), às 19h30, sem muitas certezas sobre as aspirações do time no Campeonato Brasileiro. O Furacão terminou o 1º turno no oitavo lugar, posição que ocupa neste momento, com 34 pontos – quatro à frente do Sport, o primeiro time na zona de rebaixamento. A questão é que apenas cinco pontos separam o rubro-negro do G-7, que dá uma vaga na Libertadores do ano que vem.

No Atlético Goianiense a situação é bem mais clara. Na lanterna do Brasileirão com 25 pontos, o Dragão luta contra o rebaixamento – e o esforço vem dando resultado. O time tem a quarta melhor campanha do 2º turno e tem se mostrado um visitante implacável: ganhou os três últimos jogos que fez fora de casa, contra o líder Corinthians, a Ponte Preta e o Avaí, adversário direto contra o rebaixamento.

Atlético-PR: aposta no trio para reencontrar o caminho das vitórias

O Atlético-PR tem apenas uma vitória nos últimos seis jogos pelo Brasileirão. O último triunfo foi contra o Fluminense, no mês passado, na Arena da Baixada. Curiosamente, foi a última vez que Felipe Gedoz, Nikão e Ribamar atuaram juntos. Ciente da força do trio ofensivo, o técnico Fabiano Soares espera poder contar com os três diante do Atlético-GO.

Furacão se prepara para duelo de rubro-negros na Arena da Baixada (Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial do Atlético-PR)

O comandante do Furacão ainda expressou duas dúvidas no time titular. O zagueiro Paulo André lesionou a panturrilha e virou dúvida para a partida – caso não tenha condições de jogo, Thiago Heleno e Wanderson devem jogar no miolo da defesa. A outra incerteza é em relação a Esteban Pavez, convocado para defender o Chile nas eliminatórias. Como ficou apenas no banco contra o Brasil, o volante pode aparecer entre os titulares.

Dúvidas: Paulo André e Pavez
Pendurados: Lucho González, Fabrício, Zé Ivaldo, Nikão, Bruno Guimarães e Deivid
Suspensos: Nenhum.
Desfalques: Nenhum.
Provável escalação: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rossetto (Pavez) e Lucho González; Guilherme, Felipe Gedoz e Nikão; Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.

Atlético-GO: visitante indigesto espera que “lei do ex” favoreça Walter

Quando o 1º turno do Brasileirão terminou o Atlético Goianiense somava pífios 12 pontos, seis a menos que o penúltimo colocado Avaí, e o rebaixamento era dado quase como certo. Mas o returno começou e o Dragão despertou – venceu quatro dos últimos sete jogos e, com 61,9% de aproveitamento, é o quarto melhor time nesta segunda metade do campeonato.

Walter é a esperança de gols do Atlético-GO na Arena da Baixada (Foto: Twitter Oficial do Atlético Goianiense)

E é justamente nos jogos como visitante, fora do Estádio Olímpico de Goiânia, que o Atlético-GO tem se mostrado mais perigoso. Pedra no sapato dos mandantes, o Dragão já derrotou Corinthians, Ponte Preta e Avaí fora de casa, e quer continuar a boa sequência contra o Atlético Paranaense.

Uma das armas que o técnico João Paulo Sanches tem à disposição é Walter. O atacante, que defendeu o Furacão entre 2015 e 2016, volta à Arena vestindo a camisa do rubro negro goiano. O camisa 18 voltou a jogar bem, balançou as redes na vitória contra a Ponte, no Moisés Lucarelli, e fez um dos dois gols do Dragão na vitória contra o Avaí, na Ressacada.

Dúvidas: Nenhuma.
Pendurados: Silva, Bruno Pacheco, Jonathan, Gilvan, Igor, Niltinho e Marcão Silva.
Suspensos: Andrigo.
Desfalques: Roger Carvalho, Igor e Edson Junior.
Provável escalação: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Ronaldo, Paulinho, Niltinho, Jorginho e Luiz Fernando; Walter. Técnico: João Paulo Sanches.

Ficha Técnica

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data e hora: quarta (11), às 19h30
Arbitragem: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (CBF-ES); Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (CBF-ES) e Vanderson Antonio Zanotti (CBF-ES); Quarto árbitro: Edson Glicerio dos Santos (CBF-ES).

Johnny Katayama

Sobre Johnny Katayama

Johnny Katayama já escreveu 72 posts nesse site..

Johnny Katayama é jornalista, locutor e apaixonado por esportes – defutebol e basquete até hipismo e xadrez. Entusiasta dos eSports ejogador amador de League of Legends. Narrador e repórter nastransmissões da TV MundoVôlei. Autor do livro: “Galo Guerreiro – osúltimos campeões estaduais da história do futebol profissional deMaringá” (2012).

365 Scores

BetWarrior


Johnny Katayama
Johnny Katayama
Johnny Katayama é jornalista, locutor e apaixonado por esportes – defutebol e basquete até hipismo e xadrez. Entusiasta dos eSports ejogador amador de League of Legends. Narrador e repórter nastransmissões da TV MundoVôlei. Autor do livro: “Galo Guerreiro – osúltimos campeões estaduais da história do futebol profissional deMaringá” (2012).

Artigos Relacionados

Topo