Atlético-MG vence La Equidad pela Sul-Americana

Galo sai atrás, perde pênalti, mas consegue virada sobre o time colombiano no estádio Independência

Atlético-MG e La Equidad se enfrentaram nesta terça-feira (20) às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Independência. De forma sofrida, os donos da casa superaram o time da Colômbia por 2 x 1 na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Entretanto, quem pensou que o time alvinegro faria um bom número de gols, se enganou. O triunfo do Galo acabou saindo muito mais difícil do que o esperado.

1º TEMPO

O Atlético-MG foi surpreendido logo aos três minutos: na tentativa de tirar a bola da área, Elias acabou chutando a barriga de Motta. Pênalti para o La Equidad. David Camacho de 22 anos cobrou e abriu o placar. Não constava no roteiro o Galo ter que correr atrás logo nos primeiros minutos, entretanto os donos da casa correram. Sendo assim, aos poucos,  foi criando chances e jogadas e apesar de um pouco nervoso, foi tomando conta do jogo. Foi dominando as ações, e acabou lamentando várias oportunidades não aproveitadas, que pararam no goleiro Novoa, e na trave.

Apesar de todas as chances, o ataque alvinegro não estava em uma noite iluminada. Alguns jogadores como Ricardo Oliveira, Chará e Vinícius não tiveram boa atuação. Sendo assim, o empate só veio aos 27′ com Jair, que pegou firme na bola de frente para o gol. Nos minutos finais os donos da casa passaram outro susto: o volante Machecha carimbou a trave.

2º TEMPO

O time alvinegro seguiu ditando o ritmo do jogo. O Equidad teve González expulso aos nove minutos. Entretanto, apesar da superação numérica, o Galo teve dificuldades em furar a defesa colombiana. Aos 17′ o árbitro Mario Díaz de Vivar, foi alertado pelo VAR sobre um pênalti para o Atlético-MG. O zagueiro empurrou Jair, sendo a penalidade confirmada. Cazares cobrou, e o goleiro espalmou. No rebote, Otero mandou para as redes. Porém, o árbitro de vídeo revisou o lance e a invasão do jogador venezuelano foi apontada. Logo, o gol foi anulado. Em suma, foi preciso esperar até os 34′, quando Elias arriscou de fora da área e virou o placar: 2 x 1. Em conclusão, o time alvinegro ainda desperdiçou outra grande chance com Ricardo Oliveira, que parou na defesa de Novoa.

E AGORA?

O jogo de volta será na próxima terça-feira (27), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio El Campín, em Bogotá. Posteriormente, o vencedor do confronto vai enfrentar o Colón, da Argentina nas semifinais. Time que eliminou o Zulia, da Venezuela.

No entanto, o Atlético-MG tem agora compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No sábado (24) o time recebe o Bahia às 11h (horário de Brasília) no estádio Independência, pela 16ª rodada. Igualmente, no mesmo dia o La Equidad joga contra o Cúcuta fora de casa, pelo Campeonato Colombiano.

MELHORES MOMENTOS

Rhaíssa Cortes

Sobre Rhaíssa Cortes

Rhaíssa Cortes já escreveu 44 posts nesse site..

Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 28 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, mas amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!


 

365 Scores

 

Rhaíssa Cortes
Rhaíssa Cortes
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 28 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, mas amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados

Topo