Arsenal Catalão

Fallback Image

Quem conhece o escudo do Arsenal sabe que é intimidador. Um canhão apontado para seus adversários. A origem do canhão vem lá da fundação do clube em 1886, por trabalhadores de uma fábrica de armamentos no bairro de Woolwich. Os primeiros escudos do clube foram baseados no brasão da cidade, com três canhões vistos por cima. Depois foi modificado para um canhão, até chegar no escudo atual.

Quem não tem boas recordações com canhões é o povo catalão. Na época que estava sob regime ditatorial, um castelo foi erguido no topo da montanha de Montjüic, localizada a oeste de Barcelona. Um castelo que servia como forte, com canhões apontados para a cidade afim de manter qualquer rebeldia controlada. Quem fizer uma visita ao local ainda pode encontrar os velhos canhões lá.

Mas esses canhões ficaram no passado, hoje em os catalães estão acostumados com novos canhões. Um verdadeiro arsenal de armas bélicas que encanta ao mundo com os seus disparos que já balançaram as redes adversárias mais de 100 vezes só nessa temporada. O trio de canhões MSN: Messi, Suárez e Neymar. Os verdadeiros “gunners”, os atiradores de elite.

Quem tomou conhecimento desse arsenal catalão foi o Arsenal, lá de Londres. A equipe inglesa chegou ao Camp Nou com a difícil tarefa de virar o placar de 2-0 sofrido em casa. Até conseguiram criar certa dificuldade para o time local, mas não foi o suficiente. Os canhões do Arsenal estavam com a pólvora molhada. 19 disparos da equipe inglesa, dois a mais que o Barça, mas apenas 4 tiros acertaram o alvo. O time catalão acertou 10 vezes e conseguiu três gols.

O primeiro disparo dos canhões catalães veio do pé de Neymar. Recebeu passe de Suárez e tocou no canto do goleiro. Um disparo certeiro, fazendo o rival sofrer o dano. Elneny descontou para o Arsenal no segundo tempo, um belo tiro de canhão de fora da área, indefensável. Mas faltou potencia extra para o Arsenal tentar mais.

O disparo mais forte veio do canhão Suárez. Um lindo tiro de voleio no ângulo adversário. Potência e maestria do mordedor uruguaio. O navio do Arsenal sofreu um imenso dano e veio afundar no disparo final de Messi. Do jeito que o argentino gosta, cavadinha. Como aqueles disparos de canhão para acertar alvos distantes, com uma parábola, usando a gravidade para trazer a bola com tudo ao alvo.

Arsenal catalão 3-0 Arsenal inglês. O navio londrino afunda mais uma vez nas oitavas da Champions. Capitão Wenger pode abandonar o navio e ter disputado sua última partida pela Champions na frente dos gunners. Barcelona mais uma vez nas quartas, esperando o próximo adversário a ser vítima de seus canhões MSN, que mereciam até uma homenagem no escudo do time.

Avatar

Sobre Diego Rey

Diego Rey já escreveu 22 posts nesse site..

Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

365 Scores

BetWarrior


Avatar
Diego Rey
Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

Artigos Relacionados

Topo