Aos prantos, Elkeson se despede do Shanghai SIPG

Jogador se tornou ídolo do time ao contribuir na primeira conquista da Superliga Chinesa para a equipe de Xangai
Elkeson se despede do Shanghai SIPG

O brasileiro Elkeson acertou sua saída do Shanghai SIPG, clube do qual defendeu nas últimas três temporadas e meia. O atacante de 29 anos acertou sua volta ao Guangzhou Evergrande, também da China. O atleta passou por bons momentos na equipe de Xangai, afinal, deu o primeiro título nacional aos Red Eagles. Mas nos dois primeiros anos seus números foram discretos. Acostumado a ser campeão e artilheiro no Evergrande, a chegada ao SIPG foi um pouco mais complicada. Diferente do projeto vencedor montado em Cantão, o grupo de Xangai ainda precisava ganhar maturidade. Porém, deixou a equipe sendo tratado como ídolo.

Deus em Cantão

Elkeson chegou ao Guangzhou em 2013. Na ocasião, o time já era bicampeão chinês. Com a chegada do camisa 9 brasileiro o time subiu de patamar e chegou ao status de inalcançável. Em 2013, 2014 e 2015 venceram a Superliga Chinesa, e em 2013 e 2015 a Champions Ásia. Assim, as boas atuações lhe renderam inúmeros prêmios individuais. Desta forma, o atacante ficou conhecido como “Deus”.

    • Futebolista do Ano na China: 2014
    • Time dos sonhos da Liga dos Campeões da AFC: 2013, 2014 e 2015
    • Time dos sonhos da Superliga Chinesa: 2013 e 2014
    • Chuteira de Ouro da Superliga Chinesa: 2013 e 2014
    • Jogador Mais Valioso (MVP) da Superliga Chinesa: 2014
    • Artilheiro da Superliga Chinesa: 2013 (24 gols) e 2014 (28 gols)

Ídolo em Xangai

Mas o início do ex-Botafogo, Vitória e Guangzhou não foi fácil no Shanghai SIPG. Na primeira temporada (2016) marcou apenas 10 gols, muito distante daqueles números pelo Evergrande. Em 2017 aumentou sua média, mas longe do idealizado pelo time, tendo feito 11 tentos na CSL. Mas em 2018, apesar de ter seu pior ano desde que chegou à China, foi importante na parte de abrir espaço para outros jogadores do time brilharem, caso de Hulk, Oscar e Wu Lei, este artilheiro e melhor jogador da última Superliga, além de campeão, junto a Elkeson. Foram apenas sete tentos guardados. Apesar de poucos números efetivos com a camisa das Águias Vermelhas, o jogador saiu ovacionado. Além de gritos da torcida, teve uma calorosa despedida no aeroporto que, inclusive o fez ir às lágrimas.

Contudo, o goleador deixa o Shanghai num bom momento, tanto para ele quanto para o time. Isso porque o seu agora ex-clube briga pelas primeiras posições, estando em 3º lugar com 40 pontos, igualado ao próprio Evergrande, e apenas dois de distância do líder Beijing Guoan. Do mesmo modo, o jogador já havia anotado oito gols em 15 jogos, mais do que fez em toda a última Superliga. Em seu último jogo pelo Shanghai, saiu do banco de reservas aos 39 minutos do 2º tempo para dar adeus em campo. Ainda teve a chance de fazer o último gol pelo time. Mas perdeu o pênalti aos 45′.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1039 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo