Análise: Corinthians cai em grupo da morte do Paulistão 2020

O Timão deve enfrentar nas quartas de final, o milionário Red Bull Bragantino
Grupos foram definidos e o Corinthians pegou a chave mais complicada

Nesta terça-feira (22) foi realizado o sorteio dos grupos do Paulistão 2020. Dessa forma, todos os 16 clubes participantes descobriram seus grupos e também seus adversários. No grupo D, por ordem de sorteio temos Corinthians, Guarani, Ferroviária e Bragantino (que será Red Bull Bragantino, a partir de janeiro). Apesar das equipes de cada grupo não se enfrentarem na primeira fase, já se percebe que a disputa para ir as quartas de final será a mais disputada do Estado. Vamos analisar caso a caso.

FORMATO

Os jogos acontecerão em 16 datas de 22 de janeiro até 26 de abril. As mudanças em relação aos anos anteriores são que quartas e semifinal serão em jogos únicos, com mando da melhor campanha, receita dividida entre as duas equipes. A final será diferente com partidas de ida e volta. Na primeira fase, os 16 clubes são divididos em quatro grupos e enfrentam os rivais das outras chaves. Jogos contra os participantes do seu grupo, apenas entre os dois líderes na fase de mata-mata. Os dois piores no geral caem para a Serie A2.

Além disso, algumas coisas não mudaram. O VAR estará presente apenas nas fases eliminatórias, com custo total da FPF. A lista A de inscritos continua com número de 26 atletas, tendo ao menos três goleiros. Enquanto, continua existente a lista B com número irrestrito de jogadores formados nas categorias de base. A premiação do Paulistão 2020 será de 5 milhões de reais ao campeão, 1,650 milhões ao vice, ao todo serão 12 milhões de reais em premiação.

O GRUPO D DO PAULISTÃO 2020

Quatro equipes tradicionais na história desse estadual. O Guarani, de Campinas é um dos maiores do estadual já frequentou as finais da competição diversas vezes e tem no Brinco de Ouro, um grande aliado para conquistar pontos. A equipe já chegou a figurar a zona de rebaixamento da Serie B, mas vem em ascensão, assim, já começa a construir um projeto para 2020. Já é certo que perderá a revelação Davó para o alvinegro paulista, no entanto, o Bugre tem uma força para incomodar no estadual. O técnico Thiago Carpini deve estrear como comandante no torneio e, geralmente, novos treinadores costumam surpreender.

A Ferroviária tem um retrospecto positivo nos últimos anos, indo as quartas de final e tendo uma ideia de jogo explicita. Um ataque rápido, versátil e gosto pela posse de bola. Dessa vez, o time estará sem sua estrela, o goleiro Tadeu foi vendido ao Goiás. Porém, hoje, o elenco conta com nomes conhecidos como o goleiro Gabriel Leite, ex-Guarani, o meia Christian, ex-Ituano e Palmeiras e o centroavante Léo Castro, ex-Ponte Preta. Se esses nomes continuarem, somados a força da Arena Fonte Luminosa, as dificuldades de bater os comandados de Vinicius Munhoz continuarão. Neste ano, o clube não chegou as semifinais da Copa Paulista, porém, fez uma boa primeira fase e chegou a ficar invicto por cinco jogos.

FAVORITOS

Sim, isso mesmo, ainda falta tempo para começar a competição, mas os únicos dois times que participam da Série A no grupo merecem respeito e destaque. Sim, o Bragantino caminha a passos largos para subir e ainda ser campeão da segunda divisão nacional. Além disso, o Timão já tem 45 pontos e briga para ir a Libertadores do próximo ano. Dessa forma, Corinthians e Red Bull Bragantino devem se enfrentar nas quartas de final do estadual paulista. Mais que isso não dá para prever.

Já aportado em 45 milhões de reais pela empresa de energéticos, o Massa Bruta pode receber até 200 milhões em 2020 com o acesso para a primeira divisão. Se a direção pensa grande no Brasileirão, com certeza, o elenco deve ser bem reformulado (Goleiro Cleiton do Atlético MG já foi procurado), no entanto, com o mesmo projeto de Antônio Carlos Zago no comando. Alguns atletas devem receber muitas sondagens e propostas para sair, como Claudinho já teve do Cruzeiro, no meio desse ano, mas dinheiro para essa galera alemã não é problema para renovação.

O estilo de jogo envolvente, jogadores rápidos e versáteis e o Nabizão com cada vez mais público, além da promessa de reformas no estádio. A terra da linguiça pode virar terra do Touro ou do energético, em um tempo mais veloz do que se imagina.

Corinthians

Com o futebol mostrado nesse ano é difícil imaginar até uma boa colocação no estadual. Apesar do pessimismo do torcedor com o futuro. Ainda tem 11 jogos em 2019 e já começa o planejamento de 2020. Há muitas incertezas, técnico, jogadores, pelos mais diversos motivos. Agora, o atual tri campeão chega como time a ser batido. A torcida, ao menos, sabe que no mata-mata paulista a equipe não decepciona.

Enquanto não há luz nas sombras corinthianas, assim, espera que Pedrinho, Boselli e Carille continuem e cheguem a uma boa fase para espantar a maré ruim. É bom Andrés Sanchez e cia ficar de olho nesse campeonato, pois um vexame logo no primeiro semestre seria um início de apocalipse para o mandatário. Elencamos os motivos para acreditar na passagem e na eliminação. Sendo assim, se imagina um grupo com ordem de classificação: Corinthians, Bragantino, Ferroviária e Guarani.

Foto destacada: FPF_Oficial/Reprodução

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 219 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Artigos Relacionados

Topo