América-MG fica no empate com Coritiba e continua na lanterna da Série B

Coelho sai na frente, mas cede o empate e completa seis jogos sem vitória

América-MG e Coritiba se enfrentaram nesta segunda-feira (3) às 20h (horário de Brasília) no estádio Independência, em Belo Horizonte pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os times vivem momento diferentes no campeonato: o Coelho na zona de rebaixamento e pressionado saiu na frente do placar, mas acabou cedendo o empate. O jogo que terminou em 1 x 1 começou debaixo de forte chuva e manteve o time de Mauricio Barbieri em um jejum de oito jogos sem vitória no ano de 2019.

1º TEMPO

O Coelho não perdeu tempo e foi logo ameaçando o Coxa no início do jogo em busca da 1ª vitória no campeonato. Aos quatro minutos o atacante Neto Berola fez boa jogada pelo lado direito e achou o volante Juninho perto da marca do pênalti: ele bateu com muita força e mandou pra fora. Do outro lado o meia Patrick recebeu a bola do atacante Rodrigão dentro da área, mas desperdiçou a chance chutando pela linha de fundo. O time mineiro criou muitas chances de gol: o atacante Felipe Azevedo puxou um contra-ataque e entregou para Neto Berola, porém o atacante chutou fraco. Logo após o mesmo Felipe Azevedo tentou surpreender o goleiro Wilson, e mandou  na trave.

De tanto partir pra cima o América-MG chegou ao gol. Dessa vez Felipe Azevedo recebeu de Neto Berola e não desperdiçou: bateu caprichado e superou o goleiro Wilson abrindo o placar aos 43′. O Coritiba ainda tentou o empate em uma cabeçada de Rodrigão, mas a bola foi para fora. Os dois volantes do time visitante saíram do 1º tempo amarelados: João Vitor aos 24′ e Matheus Sales aos 35′.

2º TEMPO

O time de Umberto Louzer voltou já partindo para cima: aos 14′ o meia Giovanni arriscou um chute de fora da área e carimbou a trave. E aos 19′, o atacante Rodrigão após cobrança de escanteio apareceu entre os zagueiros, subiu mais que todo mundo testando firme para o gol e deixando tudo igual no Independência. O América-MG precisava se encontrar no jogo e fez duas alterações para tentar partir pra cima: aos 21′, Neto Berola saiu para a entrada do atacante Rafael Bilu, e o volante Juninho saiu aos 29′, para entrada do meia Matheusinho.

Os minutos finais foram de grande emoção: o atacante Felipe Azevedo recebeu de Matheusinho e teve chance de fazer o 2º da noite e sair consagrado, mas o chute de fora da área apesar de levar perigo saiu rente a trave de Wilson. Logo o Coritiba ficou perto de marcar quando Patrick fez grande jogada roubando a bola e cruzando para o atacante Welinton Júnior que ficou de frente para o goleiro Thiago, mas errou na finalização. O Coxa visitante saiu com um ponto de Belo Horizonte graças ao artilheiro da Série B Rodrigão, que fez todos os seis gols do time até agora na competição.

https://twitter.com/Coritiba/status/1135752177023143936?s=19

E AGORA?

O empate fez o América-MG permanecer como lanterna do campeonato com dois pontos. O Coelho pega as malas e encara o CRB no próximo sábado (8) às 20h30 (horário de Brasília) no estádio Rei Pelé, em Alagoas. No mesmo dia o Coritiba joga com o Paraná Clube no Couto Pereira às 18h (horário de Brasília). O alviverde do Paraná foi a nove pontos e caiu uma posição indo para a colocação na tabela.

MELHORES MOMENTOS

 

Rhaíssa Cortes

Sobre Rhaíssa Cortes

Rhaíssa Cortes já escreveu 32 posts nesse site..

Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 28 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, mas amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!


 

365 Scores

 

Rhaíssa Cortes
Rhaíssa Cortes
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 28 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, mas amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados

Topo