“Atingimos esta pequena meta e temos que continuar”, brada Álvaro Gutiérrez sobre liderança do Nacional

Treinador dos Tricolores ficou muito feliz pelo triunfo do time e pela chegada à liderança da tabela anual
"Atingimos esta pequena meta e temos que continuar", brada Álvaro Gutiérrez sobre liderança do Nacional

Em entrevista coletiva pós-jogo, após a vitória do Nacional sobre o Montevideo Wanderers pela 2ª rodada do Clausura Uruguaio 2019, o técnico dos TricoloresÁlvaro “Guti” Gutiérrez, enfatizou o feito os Albos, mas alertou também sobre a importância de manter a posição. O Nacional tornou-se líder da tabela anual do Campeonato Uruguaio. Vale ressaltar que o líder garante vaga direta na final do campeonato.

“Era o que buscávamos em todos os momentos. Desde que estreamos, lutamos pela tabela anual ou por chegar à final em qualquer um dos torneios curtos. Atingimos esse pequeno objetivo (liderança), embora saibamos que não podemos sair. Hoje (antes do Wanderers) foi difícil, perdemos alguns gols, mas os três pontos foram conquistados e valem o mesmo. Agora é se recuperar e pensar no que está por vir, porque jogamos em algumas horas”, destacou.

O técnico contou que tem muito trabalho pela frente, mas que é importante aproveitar as oportunidades e pontuar:

“Quando você começa com tantos pontos abaixo, sempre tem que aproveitar as oportunidades sem margem de erro. Tiramos todos os que pontos de diferença e subimos. É um orgulho que os jogadores que tenho e estamos no topo, espero tirar vantagem disso. Estamos no meio do caminho e isso continua. Acho que todos recuperamos (bom nível técnico) e cada um está em um bom nível, fica complicado formar a equipe, porque sempre há sempre alguma injustiça”.

O treinador também fez questão de enfatizar o gol de Brian Ocampo:

“Estou feliz que ele tenha convertido o gol, porque pedimos que, quando ele passasse pela intermediária, entrasse na área como mais um atacante, para marcar gols e valeu a pena”. Álvaro Gutierrez concluiu dizendo: “O torneio é muito equilibrado. Qualquer um pode ganhar e ninguém pode confiar (na vantagem)”.

Foto destaque: Dante Fernández / Foco UY

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1104 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo