Alexandre Mattos deve rescindir ao cargo de diretor no Palmeiras?

Depois de demissão de Felipão, cartola também está sendo avaliado pela cúpula do clube
Alexandre Mattos

O clima no Palmeiras não vai bem. E ao que se parece, responsáveis pelo clube estão buscando solucionar os problemas. Posteriormente eliminando-os. Desse modo, trata-se da demissão de Luis Felipe Scolari que se despediu do palestra no ultimo dia (01). Contudo, em menos de 24 horas, Mano Menezes foi promovido ao cargo. Contudo, ao que parece, a intenção da gestão palmeirense é eliminar tudo que aparentemente não esteja funcionando no clube. Desse ponto, os olhares se voltam para Alexandre Mattos.

RETROSPECTO

COMEÇO NO CRUZEIRO EM 2013/14

Atual diretor executivo de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos tem por função a responsabilidade em contatar jogadores que interessem ao clube. Posteriormente, diz-se, convencer o atleta a atuar no Alviverde. Nesse ínterim, Mattos tira de letra sua função.

De certo, começou a carreira de executivo de futebol em 2005, pelo América Mineiro.  A principio,  por conta de seu empenho, não demorou muito para chamar a atenção de grandes clubes do país . Logo, foi parar no Cruzeiro. Simultaneamente, no clube mineiro foi  apontado como responsável por uma transformação dentro do setor. O que fez com que atraísse investimentos e parcerias para a criação de um elenco que mais tarde conquistaria o Campeonatos Brasileiro de 2013/14. Ainda, nesse ínterim, chegou a ser eleito pela Brasil Sports Market, o melhor diretor-executivo do país. A essa altura estava cobiçado.

IDA AO PALMEIRAS EM 2015

Chega ao Palmeiras em  janeiro de 2015, junto com a era Crefisa. Novamente fez enorme reformulação. O clube que no ano anterior quase havia sido rebaixado, ganhou nova infraestrutura física e profissional no elenco. Estimou-se, cerca de 25 reforços apresentados por Mattos para a temporada. Eventualmente, foi a equipe que mais contratou naquela janela.  Em consonância, logo obteve resultados. Simultaneamente, a conquista do título da Copa do Brasil de 2015 e o vice do Campeonato Paulista daquele ano o consolidaram no clube.

No ano seguinte, o bom trabalho de Mattos continuou rendendo frutos ao Palmeiras.  A conquista do Campeonato Brasileiro de 2016, foi um dos pilares par a consagração definitiva do cartola. Nesse meio tempo, em paralelo, Mattos obtinha a impressionante média de 1 título nacional no Brasil  por ano, desde 2013.

Entretanto, apesar da boa fase, iniciaram-se especulações sobre uma possível saída do Palmeiras. Em suma, o motivo de haver interesses de outros clubes em seu trabalho era o principal fator. Porém, em dezembro daquele ano, Mattos renovou seu contrato por mais 2 anos.

JEJUM EM 2017 E PROGRESSO EM 2018

Em 2017, fez diversas contratações no Palmeiras com valores expressivos. Entre as badaladas transações, Miguel Borja, eleito o melhor jogador das Américas em 2016. Entretanto, no ano não conquistou nenhum título. O que consequentemente fez sua sequencia de um titulo por ano se quebrar. Desse ponto, a eliminação nas oitavas de final de Libertadores, e o vice do Brasileirão, foram os êxitos  daquele ano.

De antemão, o clima palmeirense era instável. Logo,  em 2018, mesmo com o titulo de campeão brasileiro, haviam incerteza sobre seu destino em 2019. Tendo em vista que, seu contrato com o clube se encerraria em 31 de dezembro de 2018. Desse modo, clubes como Flamengo  o sondavam. Entretanto, sua renovação foi anunciada até o fim da gestão de Maurício Galiotte, posteriormente em dezembro de 2021.

ATUALMENTE

No presente, a relação de Alexandre Mattos com o Palmeiras nunca esteve tão balançada. De certo, o fator da torcida estar pressionando Galiotte referente a postura, faz com que o cargo do dirigente esteja ameaçado. Após a vexatória eliminação diante o Grêmio pela Libertadores, as cobranças se intensificaram. Desse ponto, o primeiro a dar adeus ao clube foi Felipão. Porém, as cobranças não diminuíram e se voltaram a Mattos.

A principio, Mattos vem sendo alvo de campanha difamatória por parte da torcida organizada Mancha Verde. Todavia, o fator do conselheiro do clube Paulo Serdan, , ser presidente de honra da entidade, faz com que os protestos ganhem força nos bastidores. Nesse meio termo, acusações sobre possíveis desvios em transações de jogadores contratados pelo clube, são os argumentos usados para a demissão de Mattos. Entretanto, não se à nenhuma prova concreta.

Nesse ínterim, na noite da última quarta-feira (4), membros da organizada estiveram na casa do dirigente para uma reunião. Logo, em seguida, Mano Menezes foi anunciado como novo técnico do Palmeiras. Ainda, influentes mandatários do Brasil se manifestaram a favor de Mattos. Entre os apoiadores, Neymar Santos. Desse ponto, Alexandre Mattos não deu nenhuma declaração sobre a situação. Todavia, ele e Mauricio Galiotte adotam a postura do silêncio.

Karine Gomes

Sobre Karine Gomes

Karine Gomes já escreveu 85 posts nesse site..

Olá, me chamo Karine Gomes. Sou paulista, estudante do 4º semestre de jornalismo pela Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo.


 

365 Scores

 

Karine Gomes
Karine Gomes
Olá, me chamo Karine Gomes. Sou paulista, estudante do 4º semestre de jornalismo pela Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo.

Artigos Relacionados

Topo