Ainda invicto! Liverpool arranca empate com United no clássico Inglês

Entre polêmicas com VAR, os Reds conseguiram igualar resultado ao fim
Ainda invicto! Liverpool arranca empate com United no clássico Inglês

A equipe do Manchester United por pouco não derrubou a invencibilidade do Liverpool na Premier League pelo North West Derby. A partida realizada neste domingo (20) em Old Trafford, válida pela 9ª rodada do Campeonato Inglês, deu ânimo aos Red Devils com o feito de 1 x 1 em casa. Desta maneira, o confronto marcado entre polêmicas do VAR, também destacou a dificuldade da equipe visitante – que conseguiu igualar o placar somente ao fim do segundo tempo. Com o resultado, os Reds permanecem no topo da tabela, mas perdem os 100% de aproveitamento. Entretanto, os donos da casa conquistaram um ponto importante e o técnico Ole Gunnar Solskjær, segurou lugar ao levar equipe a subir para a 13ª posição, se afastando do rebaixamento.

1° TEMPO

Clássico que é clássico, as equipes entram a campo para ganhar. O Manchester United chegou agressivo e dominou a partida, saindo forte para o ataque. O Liverpool aos dez minutos tentou marcar com um lance bizarro de Roberto Firmino – que esteve apagado no confronto – o atacante pegou mal e chutou na arquibancada. Sem Mohamed Salah, os Reds tiveram dificuldades em organizar a investida. Algumas boas oportunidades surgiram, mas a finalização se tornou obstáculo. Embora, David De Gea tenha surgido como dúvida para a defesa dos Red Devils, o espanhol foi titular e muito preciso em campo.

O gol de abertura saiu aos ao 36 minutos para a equipe de Manchester. O ponta Daniel James disparou com velocidade pela lateral esquerda, viu o jovem Marcus Rashford e cruzou para o atacante que estava livre na cara do gol. Assim, abriram o placar em 1 x 0. Entretanto, uma polêmica momentos antes: Divock Origi sofreu falta do zagueiro Victor Lindelöf, porém a jogada seguiu. Os jogadores de Jürgen Klopp criticaram e o juiz foi verificar no VAR. Mas, o árbitro confirmou o resultado.

Minutos depois, já aos 43, Sadio Mané roubou a bola na pequena área de Lindelöf e empurrou para o fundo das redes. Porém, novamente o VAR foi acionado. Agora, com criticas dos donos da casa que gritavam do toque de mão do atacante senegalês. O juiz Martin Atkinson consultou a pequena TV e anulou o placar. Assim, a vantagem dos mandantes se manteve.

 

2° TEMPO

Na etapa, o Liverpool veio a campo diferente. O confronto esfriou um pouco e os donos da casa deixou os visitantes crescerem. Desta maneira, os Reds conseguiram quebrar a retranca adversária, saindo mais para o jogo, conseguindo maior posse de bola e domínio de jogo. Klopp fez substituições importantes que ajudou a equipe seguir melhor: o atacante Origi pelo meia Alex Oxlade-Chamberlain e Jordan Henderson por Adam Lallana, este últimos também meio-campistas.

O jogo ficou mais movimentado para os visitantes. Mas, ainda assim, Rashford e Andreas Pereira acionaram perigo à defesa e ao goleiro Alisson Becker em alguns períodos da partida. Entretanto, a vantagem dos Diabos Vermelhos suportou até os 40 minutos. O lateral Andrew Robertson cruzou para esquerda por baixo. Firmino atento, saltou e deixou a bola passar por Mané e ir direto para Lallana que estava sozinho na lateral para marcar o gol de empate, sem dar chance ao arqueiro De Gea. Os Reds tentaram aumentar ainda no fim com Chamberlain e Trent Alexander-Arnold, porém no 1 x 1 estacionou o marcador.

Com o resultado em casa, o comandante da equipe de Old Trafford, Solskjær, não satisfeito observou ao fim do clássico: “Armamos o time para atacar e ser agressivo. Acho que fizemos isso. Não estamos felizes por conseguir um ponto contra um bom time. Estamos desapontados porque não conseguimos os três pontos”.

 

E AGORA?

Pela 10ª rodada da Premier League, os dois clubes ingleses voltam a jogar no próximo domingo (27). Desta maneira, o Manchester United vai ao Estádio Carrow Old para enfrentar o Norwich às 13h30 (horário de Brasília). Simultaneamente, o Liverpool recebe em Alfield – em “reencontro” após última temporada da Liga dos Campeões 2018-2019 – a equipe do Tottenham.

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: Divulgação/Twitter Liverpool

Amanda Cruz

Sobre Amanda Cruz

Amanda Cruz já escreveu 116 posts nesse site..

Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Amanda Cruz
Amanda Cruz
Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!

Artigos Relacionados

Topo