Ainda invicto! Liverpool arranca empate com United no clássico Inglês

- Entre polêmicas com VAR, os Reds conseguiram igualar resultado ao fim
Ainda invicto! Liverpool arranca empate com United no clássico Inglês

A equipe do Manchester United por pouco não derrubou a invencibilidade do Liverpool na Premier League pelo North West Derby. A partida realizada neste domingo (20) em Old Trafford, válida pela 9ª rodada do Campeonato Inglês, deu ânimo aos Red Devils com o feito de 1 x 1 em casa. Desta maneira, o confronto marcado entre polêmicas do VAR, também destacou a dificuldade da equipe visitante – que conseguiu igualar o placar somente ao fim do segundo tempo. Com o resultado, os Reds permanecem no topo da tabela, mas perdem os 100% de aproveitamento. Entretanto, os donos da casa conquistaram um ponto importante e o técnico Ole Gunnar Solskjær, segurou lugar ao levar equipe a subir para a 13ª posição, se afastando do rebaixamento.

1° TEMPO

Clássico que é clássico, as equipes entram a campo para ganhar. O Manchester United chegou agressivo e dominou a partida, saindo forte para o ataque. O Liverpool aos dez minutos tentou marcar com um lance bizarro de Roberto Firmino – que esteve apagado no confronto – o atacante pegou mal e chutou na arquibancada. Sem Mohamed Salah, os Reds tiveram dificuldades em organizar a investida. Algumas boas oportunidades surgiram, mas a finalização se tornou obstáculo. Embora, David De Gea tenha surgido como dúvida para a defesa dos Red Devils, o espanhol foi titular e muito preciso em campo.

O gol de abertura saiu aos ao 36 minutos para a equipe de Manchester. O ponta Daniel James disparou com velocidade pela lateral esquerda, viu o jovem Marcus Rashford e cruzou para o atacante que estava livre na cara do gol. Assim, abriram o placar em 1 x 0. Entretanto, uma polêmica momentos antes: Divock Origi sofreu falta do zagueiro Victor Lindelöf, porém a jogada seguiu. Os jogadores de Jürgen Klopp criticaram e o juiz foi verificar no VAR. Mas, o árbitro confirmou o resultado.

Minutos depois, já aos 43, Sadio Mané roubou a bola na pequena área de Lindelöf e empurrou para o fundo das redes. Porém, novamente o VAR foi acionado. Agora, com criticas dos donos da casa que gritavam do toque de mão do atacante senegalês. O juiz Martin Atkinson consultou a pequena TV e anulou o placar. Assim, a vantagem dos mandantes se manteve.

 

2° TEMPO

Na etapa, o Liverpool veio a campo diferente. O confronto esfriou um pouco e os donos da casa deixou os visitantes crescerem. Desta maneira, os Reds conseguiram quebrar a retranca adversária, saindo mais para o jogo, conseguindo maior posse de bola e domínio de jogo. Klopp fez substituições importantes que ajudou a equipe seguir melhor: o atacante Origi pelo meia Alex Oxlade-Chamberlain e Jordan Henderson por Adam Lallana, este últimos também meio-campistas.

O jogo ficou mais movimentado para os visitantes. Mas, ainda assim, Rashford e Andreas Pereira acionaram perigo à defesa e ao goleiro Alisson Becker em alguns períodos da partida. Entretanto, a vantagem dos Diabos Vermelhos suportou até os 40 minutos. O lateral Andrew Robertson cruzou para esquerda por baixo. Firmino atento, saltou e deixou a bola passar por Mané e ir direto para Lallana que estava sozinho na lateral para marcar o gol de empate, sem dar chance ao arqueiro De Gea. Os Reds tentaram aumentar ainda no fim com Chamberlain e Trent Alexander-Arnold, porém no 1 x 1 estacionou o marcador.

Com o resultado em casa, o comandante da equipe de Old Trafford, Solskjær, não satisfeito observou ao fim do clássico: “Armamos o time para atacar e ser agressivo. Acho que fizemos isso. Não estamos felizes por conseguir um ponto contra um bom time. Estamos desapontados porque não conseguimos os três pontos”.

 

E AGORA?

Pela 10ª rodada da Premier League, os dois clubes ingleses voltam a jogar no próximo domingo (27). Desta maneira, o Manchester United vai ao Estádio Carrow Old para enfrentar o Norwich às 13h30 (horário de Brasília). Simultaneamente, o Liverpool recebe em Alfield – em “reencontro” após última temporada da Liga dos Campeões 2018-2019 – a equipe do Tottenham.

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: Divulgação/Twitter Liverpool

Amanda Cruz

Sobre Amanda Cruz

Amanda Cruz já escreveu 157 posts nesse site..

Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!

365 Scores

BetWarrior


Amanda Cruz
Amanda Cruz
Sou Amanda Cruz, formada em História e estudante de jornalismo. Paulistana, filha de pernambucanos e atualmente moro em Lorena/SP. Despertei minha paixão pelo futebol na Copa de 2006 e desde lá o amor só cresceu. Curiosa sobre o esporte e amante de História, gosto de estar sempre por dentro do assunto: acompanho boa parte de notícias e jogos, principalmente das ligas internacionais. O futebol é um esporte emocionante e como uma boa (futura) jornalista, escrever sobre ele é demais!

Artigos Relacionados

Topo