Abrindo alas para o título! Juventus dispara na Serie A Tim

Juventus vence o Napoli e abre 16 pontos de vantagem. Torino e Atalanta também vencem no fim da rodada

Seis partidas encerraram a 26ª rodada da Serie A Tim, sendo três delas envolvendo times da parte de cima da tabela. O Torino entrou em campo no primeiro jogo para enfrentar o lanterna Chievo, acabou vencendo por 3 x 0 com pressão no final e colou na Lazio. Mais tarde, a Atalanta venceu por 3 x 1 virando em casa pra cima da Fiorentina e também encostou na Lazio. E no último jogo houve o encontro entre a líder Juventus e o vice-líder Napoli, melhor para a líder que venceu por 2 x 1 e viu suas chances de título aumentarem e muito.

Serie A Tim – 26ª Rodada

Torino 3 x 0 Chievo

Muito bem nesse momento no campeonato, o Torino entrou como favorito contra o Chievo amargando a última posição e conseguiu mais uma vitória para seguir colado no G6 e sonhando com vaga nas competições europeias. Vale destacar o ótimo trabalho defensivo do Torino e a fase do goleiro Sirigu, já que a equipe não toma gol dede a 20ª rodada. O primeiro tempo não foi de muitas chances claras para nenhum lado e as únicas memoráveis não foram precisas, a dos mandantes com o argentino Ansaldi chutando de fora da área para longe, e a dos visitantes com Meggiorini arrancando e finalizando também de fora à esquerda do gol.

A segunda etapa começou com o Chievo assustando, ou melhor, com Sirigu salvando. Em bola levantada na área, o sérvio Djordejvic desviou de primeira e obrigou o goleiro a realizar um milagre, só que a bola ainda acabou voltando para o atacante, mas Sirigu, já caído, encaixou. O time de Turim respondeu com Zaza em cobrança de falta, só que Sorrentino também apareceu para brilhar e defender o chute.

Aos 31 minutos, finalmente o primeiro gol, Belotti tabelou com Zaza e mandou uma pancada para abrir o placar. Já nos acréscimos, o venezuelano Ricón roubou a bola, foi avançando e também acertou um belo chute no ângulo para fazer o segundo, mas não parou por aí, já que Zaza ganhou da marcação e tocou na saída do goleiro para fechar o placar aos 48.

Atalanta 3 x 1 Fiorentina

Após um belo espetáculo no meio de semana pela Coppa Itália, Atalanta e Fiorentina voltaram a se enfrentar, dessa vez em Bérgamo e pela liga. Os mandantes estão bem em ambas competições nacionais e vem fortes pelo G6, mas os visitantes só pensam na Coppa, já que deram uma distanciada do grupo da frente na tabela. O início do jogo teve um erro de saída de jogo da Atalanta logo aos 5’e o colombiano Luís Muriel abriu o marcador em chute cruzado.

Atrás do placar, os Orobicis partiram em busca do empate, o que aconteceu no minuto 28, em chute da entrada da área do esloveno Ilicic, que desviou e matou o goleiro Lafont. A virada veio já na primeira etapa, aos 32′, com Alejandro Gomez, em lance que o argentino arrancou pelo meio, e livre, arrematou de perna direita no canto.

Na volta do intervalo, Ilicic obrigou Lafont a fazer uma boa defesa após cobrança de falta, e alguns minutos depois, sairia o terceiro gol. Em jogada trabalhada, Castagne recebeu passe de calcanhar, cruzou e o alemão Robin Gosens apareceu livre na segunda trave para cabecear e dar números finais ao jogo. A Fiorentina tentava diminuir e, aos 21′, quase fez o segundo, mas Chiesa acertou o chute no travessão.

A Atalanta começou a ter mais espaços para contra-ataques e conseguiu um bom lance com Freuler, porém a finalização do suíço saiu muito aberta. Depois do empate frenético pela copa, os mandantes da vez se saíram melhores e vão mais confiantes para o restante da temporada.

Napoli 1 x 2 Juventus

Um jogo digno de um confronto entre líder e vice-líder. Um belo gol, expulsões, pênalti, chances perdidas e vantagem aumentada. O primeiro lance de perigo foi aos 10 minutos, quando Bonucci acabou ajeitando para o polonês Zielinsk chapar a bola e ela passar raspando a trave. Aos 21′ o lateral Malcut fez um recuo errado, Cristiano Ronaldo acabou ficando com a bola, tentou driblar o goleiro, mas acabou caindo, o juiz expulsou Meret alegando que o arqueiro parou CR7 com falta, e na cobrança o bósnio Pjanic bateu bem e tirou do frio goleiro Ospina, que acabara de entrar, para marcar o gol.

Pouco depois, Zielinsk teve mais uma grande oportunidade quando entrou na área e finalizou, contudo a bola caprichosamente bateu na trave e saiu. Insgne tentou de falta, mas não venceu Szczesny, assim como Pjanic, que recebeu em jogada ensaiada de escanteio, tentou novamente e acabou parando em Ospina. No lance seguinte, um escanteio ocasionado pela defesa do goleiro, Bernardeschi fez um levantamento na área na cabeça de Emre Can, o alemão tocou, a bola bateu em Hysaj e entrou no gol, 2 x 0 para os visitantes e ainda jogando com um a mais.

Com um minuto e meio do segundo tempo, Pjanic levou o segundo cartão amarelo depois de impedir um passe com a mão e acabou sendo expulso de campo, o jogo então passou a ter 10 de cada lado e isso fez o Napoli entrar de vez em busca da reação. Com dificuldades para penetrar na defesa da Velha Senhora, os mandantes apenas tiveram uma boa chance aos 15 minutos, e foi suficiente para fazer o gol: Insigne cruzou e o espanhol Callejón apareceu de surpresa para descontar para o vice-líder.

Allan arriscou de fora cinco minutos depois e levou perigo ao gol de Szczesny, assim como Zielinsk, que chutou cruzado e obrigou o goleiro polonês a fazer uma boa defesa. O Napoli ia para cima com tudo e outro espanhol, Fábian, quase empatou em arremate de fora da área, mas a grande chance estava por vir, quando Alex Sandro tocou com a mão na bola dentro de área e o juiz deu pênalti com ajuda do VAR. Insigne teve a bola do empate nos pés aos 38′, mas cobrou a penalidade na trave. A Juventus conseguiu se segurar, manter o placar e deixou a vantagem de pontos em 16.

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 143 posts nesse site..

Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

1X Bet
Avatar
Leonardo Abrahão
Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Artigos Relacionados

Topo