Na Superliga Argentina, Boca Juniors e Talleres vencem

- Times duelam contra equipes complicadas e se mantêm no topo da tabela
Superliga

Três jogos marcaram a 6ª rodada da Superliga Argentina, neste domingo (15). Primeiramente, o Banfield perdeu para o Talleres por 1 x 0, no estádio Florêncio Sola. Já o Independiente empatou com o Lanús, no estádio Libertadores da América. Por último, o Boca Juniors bateu o Estudiantes por 1 x 0, na La Bombonera e se manteve líder da Superliga com quatro vitória, dois empates e nenhuma derrota.

Superliga Argentina – 6ª rodada

Banfield 0 x 1 Talleres

1° TEMPO

Certamente, o domingo foi excelente para os torcedores do Talleres. Afinal, com a vitória fora de casa contra o Banfield, o time de Alexander Medina chegou a segunda posição da Superliga. Os times ainda se enfrentam nesta semana, pela Copa Argentina. A partida começou fria, com ambas equipes se analisando dentro do campo. O Banfield tentou o arremete de fora da área, assim terminou o jogo com 16 finalizações, enquanto a equipe visitante apostou na posse de bola. O gol do duelo aconteceu aos 38 minutos do primeiro tempo. Quando Cubas cobrou falta com perfeição e achou a cabeça de Bustos, que só precisou mirar no canto direito do gol.

2° TEMPO

Na segunda etapa, o Banfield tentou fazer pressão no campo ofensivo. Arias e Bertolo foram os responsáveis por tentar chegar até o gol de Herrera. Mas a marcação da equipe adversária foi essencial para o placar final. Com faltas no inicio de jogada, o Talleres amarrou o jogo e não deixou a equipe da casa reagir. A única chance clara criada pela equipe de Falcioni foi aos 30 minutos de jogo. Quando Urzi deixou Arias na cara do gol, mas o atacante chutou para fora.

Melhores Momentos

Independiente 2 x 2 Lanús

1° TEMPO

A partida do estádio Libertadores da América, começou movimentada. As equipes tentaram chegar ao gol adversário desde o primeiro minuto. Logo, o gol não demorou para sair. Aos 24 minutos, Silvio Romero recebe passe perfeito para abrir o placar. Aliás, os irmãos Romero estão contudo na Superliga. O Lanús controlou a posse da bola no primeiro tempo, mas não conseguiu concretizar em chances claras de gol. Ainda que o Independiente aumentará o placar, aos 46 minutos, com Silvio Romero.

2° TEMPO

Certamente, não da para recomeçar a partida na segunda etapa do jeito que acabou o primeiro tempo. Afinal, a emoção, literalmente, durou os 45 minutos iniciais. Mas, foi aos três minutos que o zagueiro Lautaro, empatou a partida com um belo chute de fora da área. Ainda que o Independiente tivesse o placar e a torcida ao seu favor, o Lanús foi com tudo pra cima e arrancou o empate. Com José Sand, aos oito minutos do primeiro tempo. O atacante aproveitou o cruzamento de escanteio e empatou o jogo. Final 2 x 2.

Melhores momentos

Boca Juniors 1 x 1 Estudiantes

1° TEMPO

O boca Juniors começou o jogo contra o Estudiantes impondo sua supremacia. Aliás, quando acabou o primeiro tempo, eram 14 finalizações da equipe da casa, contra duas dos visitantes. A partida começou com emoção. Afinal, o placar saiu do zero logo aos quatro minutos, com Emanuel Reynoso. Após chute de Villa, o goleiro Andujár espalmou nos pés do atacante, que só precisou empurrar para as redes.

2° TEMPO

Para a volta do intervalo, o treinador Gabriel Milito tentou colocar seu time com uma linha mais ofensiva. Gomez e Sanchez não vinham fazendo bom primeiro tempo, mas quem foram sacados Estévez e Mura. As substituições não surtiram efeito e o Boca continuou dominando a partida e merecendo o resultado. Com poucas chances reais de gol no segundo tempo, o placar terminou 1 x 0

Giovanna Matiello

Sobre Giovanna Matiello

Giovanna Matiello já escreveu 207 posts nesse site..

Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.

365 Scores

BetWarrior


Giovanna Matiello
Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte.A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados

Topo