Nesta terça-feira (7), o atacante William Pottker, do Al Wasl, comemora 10 anos que fez sua estreia no futebol profissional jogando pelo Figueirense, onde a equipe que o revelou empatou em 1 a 1 com o Atlético-GO pelo Brasileirão em 2011.

Graças a Deus tive a oportunidade de me tornar jogador de futebol e com isso dar uma vida melhor para minha família. Fico muito feliz em atingir essa marca em minha carreira, esperando que venha muitos mais anos nessa profissão que amo. Agradeço minha família, amigos, clubes que me deram a chance de exercer esse trabalho. Continuo com a mesma disposição de quando comecei”.

Além de atuar no Figueirense, Pottker teve passagens vitoriosas no Gandzasar (Armênia), Ventforet Kofu (Japão), Linense, Sporting Braga (Portugal), Ponte Preta, Internacional, Cruzeiro e atualmente joga no Al Wasl (Emirados Árabes).

Entretanto, no Cruzeiro cedeu o jogador por empréstimo de uma temporada ao time árabe, que é comandando pelo técnico brasileiro Odair Hellmann. Ao passo que pelo clube mineiro, o jogador disputou 25 partidas e marcou seis gols.

Contudo, o atacante viveu sua melhor fase no Internacional, onde marcou 26 gols em 108 jogos. Assim sendo, também teve excelente passagem na Ponte Preta, onde atuou em 51 jogos e marcou 24 gols.

Por outro lado, Pottker ainda se destacou em sua carreira por prêmios individuais como o Craque e Artilheiro do Brasileirão (2016); Bola de Prata (2016); Melhor Jogador e Artilheiro do Paulistão (2017); Seleção do Paulistão (2017) e foi incluso na lista dos 500 jogadores mais importantes do futebol em 2017, prêmio concedido pela World Soccer Magazine.

Por fim na carreira, o atleta atuou em 255 jogos e marcou 75 gols.

Foto: Divulgação/ Al Wasl

Redação FNV