Nesta terça-feira (21) se iniciou a segunda rodada da Taça Guanabara 2020. Mais três jogos ocorrem nesta quarta-feira (22). No Raulino de Oliveira, o Volta Redonda recebe o Cabofriense, a fim de seguir entre os lideres do Grupo B do torneio. Por outro lado, o time da Região dos Lagos busca espantar a má fase e quebrar o tabu que já dura 11 anos neste duelo. Na rodada de estréia, ambos os times enfrentaram grandes do Rio. O Volta Redonda surpreendeu e bateu o time alternativo do Botafogo por 1 x 0. Por outro lado, o Cabofriense tentou segurar o Fluminense jogando em casa mas sofreu a derrota no fim.

VOLTA REDONDA

Volta Redonda, hoje, é o time do estado do Rio de Janeiro fora os quatro grandes, que está presente em uma das três divisões do Campeonato Brasileiro, junto a isso, a vaga na Copa do Brasil mostra o poder do clube quando comparado aos outros pequenos do estado. Além disso, a vinda do meia ex-Vasco da Gama, Bernardo, mostra como o time quer se portar no seus torneios no ano. Isso ocorre, uma vez que, em 2019 o time quase conseguiu chegar na fase de mata mata da Serie C, entretanto, caiu na última rodada da fase de grupos.

No estadual, o clube começou bem vencendo o time alternativo do Botafogo. O Voltaço, assim como outros pequenos, busca aproveitar a não entrada dos times titulares dos grandes para pontuar e tentar uma classificação as finais da Taça Guanabara. A vitória sobre o Glorioso, poderia ter sido ainda maior, se não fosse Diego Cavallieri. A equipe que veste preto e amarelo, teve suas principais jogadas feitas a partir de ótimas triangulações e passes em profundidade. Em caso de vitória nesta segunda rodada, o Volta Redonda se une ao Madureira na liderança do grupo.

Provável escalação: Douglas Borges; Oliveira, Heitor, Daniel Felipe e Luiz Paulo; Bruno Barra, Wallisson, Marcelo e Bernardo; Pedrinho e João Carlos.

CABOFRIENSE

O Cabofriense busca seguir mantendo a regularidade dos últimos dois anos no Campeonato Carioca, ou seja, visa alcançar a sonhada estabilidade que tinha na primeira década deste século na divisão principal do estado. Além disso, este ano o clube jogará a Serie D do Campeonato Brasileiro. O Carioca servirá de medidor para o que o time pode aprontar nesta competição. Os nomes mais conhecido do time são dos atacantes experientes Max e Felipe Adão, filho do ex-jogador Claudio Adão. Este segundo, no entanto, esteve apenas no banco no jogo de estréia.

Na estréia na Taça Guanabara, o time foi derrotado para o Fluminense por 1 x 0, gol de Nenê no fim. Apesar disso, o clube mostrou uma boa organização defensiva e consegue explorar certos contra ataques. Em caso de vitória, além de quebra o indigesto jejum de 11 anos sem vencer o Volta Redonda, o clube também pode vir a entrar na zona de classificação para as semifinais do primeiro turno do Campeonato Carioca. Isso ocorre, uma vez, que nenhum dos integrantes do Grupo A venceu na primeira rodada do torneio, deixando assim o grupo aberto.

Provável escalação: George; Watson, Igor, Anderson Penna e Guilherme; Magno, Rafael Pernão, Gama; Marcus Índio, Abner e Max.

RETROSPECTO

Primeiramente, quando pegamos o retrospecto deste confronto vemos uma clara vantagem do Volta Redonda sobre o Cabofriense. Em 28 confrontos são 12 vitórias do Esquadrão de Aço contra 7 do Tricolor Praiano. Se pegarmos a última década, inegavelmente, vemos um domínio total do Volta Redonda, uma vez que o time não perde desde 2009. Tiveram 8 confrontos entre 2010 e 2020, sendo dois empates e seis vitórias do Voltaço. No Raulino de Oliveira, o retrospecto é de mais de 60% de vitórias nos confrontos diretos para o time da casa.

APOSTA INDICADA

Tendo em vista, o melhor momento vivido pelo Volta Redonda e a esmagadora soberania do clube nos últimos confrontos diretos, o clube é franco favorito para a partida. O fraco desempenho ofensivo de ambas as equipes fazem com que a linha de menos 2,5 gols também seja uma opção viável para a disputa. No fim, a aposta indicada pelo Futebol na Veia será a de menos 2,5 gols, no qual, a odd está de 1,65 na Rivalo.

ODDS: 1 (1,70) | x (3,60) | 2 (4,70)

Foto Destaque: Reprodução 

Avatar
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

Artigos Relacionados