A equipe do Vitória-ES realizou, neste sábado (8), o seu primeiro jogo-treino, com o objetivo de se preparar para o Campeonato Capixaba 2022. Sendo assim, o Alvianil de Bento Ferreira enfrentou a seleção de Vila Velha e aplicou uma goleada de 4 x 0, no Estádio Salvador Costa.

O duelo ocorreu com portões fechados tanto para os torcedores quanto para a imprensa. Isso porque, a comissão técnica do Vitória-ES aproveitou o jogo para realizar observações. Portanto, o técnico Marcelo Aguiar optou por não dar indícios da equipe, que segue em construção.

A PARTIDA

O jogo foi realizado em três tempos de 30 minutos, e o Vitória-ES foi soberano na maior parte do duelo. Desse modo, se sobressaindo ao adversário, conseguiu aplicar a goleada. Com isso, os gols foram marcados por Edinho, Diego, Lucas (atleta da base) e Renan (atleta da base).

Ao término do jogo, Edinho foi questionado sobre a partida, em que atuou com novos companheiros e uma nova função. Desse modo, o jogador exaltou que a equipe esteve mais veloz dentro das quatro linhas, além de comentar sobre sua posição em campo.

“Consegui assimilar isso, que o time ficou muito mais rápido agora. A posição que eu tô exercendo é uma posição mais atrás, de armador, chegando. Diferente da minha posição do ano passado, que era falso 9. Então, assim, eu tenho uma visão maior e ampla do campo”.

Além disso, o técnico Marcelo realizou uma avaliação da partida.

“O que a gente tinha planejado de ter feito é dividir três equipes, para dar mobilidade a todos os atletas, porque a gente vem de uma pré-temporada. Então, a parte física continua ainda um pouco travada. […] Mas, eu acho que de modo geral, o que a gente produziu, a questão de movimentação, a pressão pós-perda, o que a gente tá colocando de modelo de jogo, foi bem trabalho.”

Com isso, o Alvianil apresentou uma escalação diferente para cada etapa do jogo. Portanto, três equipes distintas entraram em campo. Confira:

  • Primeiro tempo: Erick; Gabriel Fernandes, Magrão, João Moura, Vandinho; Jonata Pé de Pato, Carlinhos, Edinho; Rodriguinho, Marcos Vinicius e Baianinho.
  • Segundo tempo: Yuri Duarte; Gabriel Ribeiro, Mariano, Dudu, Dodô; Renzo, Gustavo Barba, Pedro Talisca, Kaiky; Diego Silva e Vitinho.
  • Terceiro tempo: Allan Camilatto; Caio, João Moura (Magrão), Dudu, Gabriel; Renzo, Mariano, Pedro Talisca (Kaiky); Thales Lucas e Renan (Marcos Vinicius).

A TEMPORADA DO VITÓRIA-ES

A equipe tem pela frente duas competições oficiais em seu calendário. São elas: Capixabão e Copa Espírito Santo. Com o elenco em construção, o treinador Marcelo Aguiar espera moldar o time da melhor forma possível, à sua maneira, com o propósito de montar uma equipe principal para encarar os objetivos que tem no caminho. Dessa forma, o jogo-treino serviu tanto para encontrar qualidades quanto defeitos nas formações.

Além disso, Marcelo Aguiar apontou a principal falha nesta primeira partida de observação.

“Eu acho que o posicionamento. Foi uma situação que a gente percebeu que teve um pouco de dificuldade. A gente já vem trabalhando isso, mas o trabalho, como eu falei, ele precisa de tempo para progredir”.

 

Foto destaque: Divulgação/Vitória Futebol Clube

Vitor Gregório
Sou Vitor Gregório, de 22 anos, formado em Jornalismo pela Universidade Vila Velha (UVV), do Espírito Santo. Um legítimo mineiro vivendo em terras capixabas. O universo esportivo sempre foi o meu principal agente motivador - tanto em âmbito pessoal quanto profissional. Dessa forma, realizar produções relacionados a esse meio mexe com o brio de quem vos fala. Organização, determinação, força de vontade e qualidade estão presentes nos materiais desenvolvidos. Desfrutem!