VIROU FEIRA NO BRASILEIRÃO!

Depois do anúncio da Conmebol nesse último domingo, 2, levantou-se uma questão nunca antes pensada no futebol brasileiro: muitas vagas na Libertadores tiram o brilho da briga pelo título?

Foi anunciado que o Brasil terá mais dois representantes, logo, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) reservou essas vagas para o Brasileirão. O que antes era G4 será agora G6, com possibilidades de se tornar um G8, caso um dos seis primeiros colocados seja campeão da Copa do Brasil e um brasileiro se torne campeão da Sul-americana.

Isso faz com que os times grandes almejem somente a vaga no torneio continental e esqueça da disputa pelo título nacional, deixando, assim, mais fácil os planejamentos para os clubes.

Com essas novas vagas já válidas para este ano. Ponte Preta e Chapecoense (times que já haviam jogado a toalha pela competição) entraram na briga com o Grêmio, com o Corinthians, com o Atlético-PR, com o Botafogo, com o Fluminense e com o Santos por essas classificações.

O lado positivo do aumento de vagas é que poderá tornará frequente uma surpresa brasileira na Libertadores. Os dois clubes citados acima são os grandes exemplos deste ano, tornando assim, um torneio continental mais democrático.

Quanto menos vagas melhor para a disputa do campeonato nacional. A exclusividade é algo destinado aos melhores times e faz com que as equipes se montem melhor. Até porque se o Brasileirão tivesse apenas três vagas os clubes se “matariam” pela vaga, logo, poderiam brigar pelo título.

Aguardamos a passagem de uma dessas vagas à uma outra competição organizada pela CBF ou de cunho nacional, como: Copa do Nordeste ou Primeira Liga. O Brasil não precisa desse esbanjo de vagas no Brasileirão, isso apenas confortará os clubes.

Leonardo José

Sobre Leonardo José

Leonardo José já escreveu 382 posts nesse site..

Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo José
Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo