Vinicius Junior quer volta da La Liga para trazer título e alegria ao Real Madrid

Há três anos como jogador do Real Madrid, Vinícius Júnior viveu altos e baixos com a camisa dos Blancos. Contudo, tem correspondido às expectativas e virou titular na equipe de Zinedine Zidane. Contudo, antes da parada do futebol por conta da pandemia do Covid-19 (novo coronavírus), o brasileiro fez um dos gols na vitória sobre o Barcelona. Por outro lado, o atacante deu recente entrevista ao jornal ‘Marca‘ e contou sobre sua adaptação na Espanha, tristeza quanto a situação do Brasil e sobre a chance de retorno da Champions League.

ENTREVISTA DE VINÍCIUS JÚNIOR

Quanto ao seu começo na Espanha, o jogador falou sobre as dificuldades que teve e a demora na adaptação.

“Todas as mudanças são importantes e aquela foi enorme para mim e para o meu entorno. Todo meu mundo mudou e as pessoas queriam ver imediatamente um grande jogador, um garoto que  não fosse afetado por nada. Mas eu sabia que todas as grandes mudanças precisam de grandes sacrifícios. Estava preparado para isso, para trabalhar em silêncio, para me sacrificar sem ver os grandes resultados imediatamente. Foi muito importante ter a mente tranquila”, disse.

FALTA DE GOLS DE VINÍCIUS JÚNIOR

O jogador, por vezes, é criticado por não ser um artilheiro nato, mas afirmou que tenta melhorar nos treinamentos.

“Não me incomodo, claro que não. Eu sou o primeiro que sabe que se pode melhorar em tudo, sempre. Até o último dia da minha carreira. E assim quero seguir toda a minha vida, convencido de que sempre tenho que melhorar. Eu sou o primeiro nisso. O dia que não acreditar nisso, então terei que deixar o futebol profissional. Porque eu sou profissional do futebol para isso, para respeitar minha profissão. Acreditar que já não preciso melhorar em algo é faltar com respeito à minha profissão. E isso, te digo, que não vai acontecer nunca. Tenho que melhorar até o último dia da minha carreira”, afirmou.

NOTÍCIAS SOBRE A PANDEMIA E SEU DESEMPENHO ANTES DA PARADA

“As notícias também são terríveis. No meu país estão em uma situação difícil, como há algumas semanas aqui na Espanha. Sofri muito pela Espanha e agora estou sofrendo muito pelo Brasil. As pessoas têm muito medo e é lógico”.

“Me sentia muito bem e notava que muitas coisas que eu tentava no gramado, saíam com certa facilidade. Estava adquirindo um bom equilíbrio entre o que tentava e o que conseguia”, completou.

https://twitter.com/viniciusjr/status/1264319223209361408

VINÍCIUS JÚNIOR FALA SOBRE O POSSÍVEL RETORNO DA CHAMPIONS LEAGUE

“Se a Champions voltar, será uma notícia muito boa não só para o futebol, mas para o mundo. Poder jogar partidas em outros países será um sinal muito positivo, porque estaremos mais próximos do normal. É verdade que o resultado da ida foi ruim, mas somos o Real Madrid. Nossa obrigação é estarmos bem preparados e se a partida acontecer, que quando ela termine, todos os madridistas possam dizer: eles deram tudo, estamos orgulhosos”, disse.

O JOGADOR AINDA FALOU SOBRE O GOL CONTRA O BARCELONA E O RETORNO DA CHAMPIONS LEAGUE

“Foi um ótimo gol, um ótimo passe de Toni (Kroos). Já revi algumas vezes, claro, porque foi a vitória ao lado da nossa torcida. Foi muito importante”.

“Se a Champions voltar, será uma notícia muito boa não só para o futebol, mas para o mundo. Poder jogar partidas em outros países será um sinal muito positivo, porque estaremos mais próximos do normal. É verdade que o resultado da ida foi ruim, mas somos o Real Madrid. Nossa obrigação é estarmos bem preparados e se a partida acontecer, que quando ela termine, todos os madridistas possam dizer: eles deram tudo, estamos orgulhosos”.

“Assisti aos jogos novamente e continuo pensando que sim. Acredito que fomos melhores que eles em mais coisas. Fizemos jogos muito bons até agora e temos que recuperar nossas melhores sensações. Temos muita vontade de voltar, de ganhar. E queremos ganhar esse Espanhol pela nossa torcida. As pessoas sofreram muito e queremos dar aos madridistas uma alegria no meio desta situação. Sabemos que um triunfo em La Liga não vai solucionar grandes tragédias, mas seria um sorriso, algo de felicidade”, completou.

https://twitter.com/viniciusjr/status/1263838452174540802

Foto Destaque: Reprodução/GettyImages/Goal

Matheus Aquino
Matheus Aquino, 19 anos, estudante de Jornalismo - 2° período na UFPB. A paixão pelo jornalismo surgiu desde pequeno. Aos 17 anos entrou para uma rádio comunitária com um programa chamado Na Marca do Pênalti, onde era apresentador. No ano seguinte, ingressou no principal site de seu município como colunista de esportes e repórter jornalístico. Em 2019, entra para uma outra rádio local, dessa vez, fazendo comentários todos os domingos sobre futebol. A facilidade na escrita e a intimidade com o microfone e as câmeras tornaram o jornalismo ainda mais a sua paixão.

Artigos Relacionados