Vila Nova x Bragantino – Tigrão busca fazer o dever de casa contra o Tubarão

Vila Nova e Bragantino fazem o jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil, no Estádio Olímpico de Goiânia, às 20h (horário de Brasília). Atrasados, por conta de todo imbróglio envolvendo Aparecidense e Ponte Preta, as equipes vão fazer os jogos um colado no outro, já que a volta está marcada para o próximo sábado (20). Quem passar do duelo, encara o Juventude, na quarta-feira (24).

Vila Nova

No time da casa, muitas mudanças devem acontecer para mais essa partida. O lateral-esquerdo Gastón, com uma fratura no pé, e os meias Alan Mineiro, com lesão muscular na coxa e Elias com um problema no tornozelo, são desfalques certos para o encontro. Para os lugares vagos, Eduardo Baptista, opta pelas entradas de Ramon, que estreia pelo Colorado, e Juninho nos lugares de Denner e Facundo Boné. Já Danilo, Michel Douglas e Bruno Mota disputam uma vaga no meio-campo. Nos números, a equipes goiana tem 22 gols marcados no ano (média de 1,29 por jogo). Eduardo Baptista falou sobre as motivações para o duelo pela Copa do Brasil.

São várias as motivações. Tem essa parte de representar o estado de Goiás, de ficar próximo de uma campanha histórica, há uma fase de uma campanha histórica, depois de 10 dias de trabalho com as estreias que a gente projeta, você ter um time diferente, uma postura diferente da apresentada no Goiano, a questão financeira. Então, são muitas as motivações e pontos que temos trabalhado com os atletas, mas a parte financeira é a mais importante, pois dá uma base para o restante do ano. Comentou o comandante do Vila.

Provável escalação: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Philipe Maia, Wesley Matos e Hélder; Neto Moura, Ramon, Juninho e Capixaba; Rafael Silva e Bruno Mota (Michel Douglas ou Danilo). Técnico: Eduardo Baptista.

Bragantino

O Tubarão do Caeté chega empolgado após vencer nos pênaltis o Paysandu, na disputa pelo 3º lugar do Parazão 2019, assim garantindo por mais um ano uma vaga na Copa do Brasil. Além disso, o clube vem de boa vitória contra a Aparecidense, na fase anterior da competição e espera manter o bom momento. O treinador Samuel Cândido deve repetir a escalação pela terceira partida consecutiva. A dupla formada por Fidélis e Mauro Praia é o grande destaque ofensivo e o nome da defesa bragantina e artilheiro do time com três gols. Na temporada, a equipe já fez 19 gols em 13 jogos (média de 1,5 por jogo), em contrapartida, tomou 14 gols (média de 1,07 por jogo).

Provável escalação: Axel; Bruno Limão, Romário, Gabriel Gonçalves e Esquerdinha; Paulo de Tarso, Ricardo Capanema, Marco Goiano e Lukinha; Fidélis e Mauro Praia. Técnico: Samuel Cândido.

https://www.instagram.com/p/BwShWc4Hb0M/

Retrospecto

As equipes nunca se enfrentaram na história, sendo este, um marco para os clubes e para o torneio em si. Por jogar em casa, o Vila Nova é favorito, até porque não perde em casa há quatro jogos. Já o Bragantino, como visitante, não tem um grande retrospecto, pois só venceu um dos últimos cinco duelos que fez longes de seus domínios.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva e sou de Altamira no Pará. Tenho pós-graduação na área de Letras, mas a paixão mesmo é o futebol e o jornalismo, tenho como ídolos ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning e Vitor Sérgio Rodrigues. Sou deficiente físico, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, Enfim! Sonho em fazer um passo a cada dia, um melhor do que o outro.

Artigos Relacionados