Veja as falas de Tite sobre a convocação da Seleção Brasileira

- Em lista com surpresas, o treinador do Brasil teve que dar muitas explicações
Veja as falas de Tite sobre a convocação da Seleção Brasileira

Visando os amistosos pré-Copa contra Alemanha (23/03) e Rússia (27/03), Tite convocou 25 atletas, dois nomes a mais dos 23 que irão ao Mundial. Na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o treinador da Seleção Brasileira ainda comentou sobre alguns outros assuntos referentes ao tema. Willian José, Neymar e até a política da CBF foram pauta de perguntas ao técnico. Veja a lista de convocados e em seguida as falas de Tite.

? LISTA DOS CONVOCADOS POR TITE PARA AMISTOSOS CONTRA RÚSSIA E ALEMANHA: GOLEIROS: Alisson (Roma), Ederson (Manchester City) e Neto (Valencia) LATERAIS: Marcelo (Real Madrid), Daniel Alves (PSG), Filipe Luis (Atlético de Madrid) e Fágner (Corinthians) ZAGUEIROS: Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), Miranda (Inter de Milão), Pedro Geromel (Grêmio) e Rodrigo Caio (São Paulo) MEIO-CAMPISTAS: Casemiro (Real Madrid), Willian (Chelsea), Fernandinho (Manchester City), Fred (Shakhtar Donetsk), Anderson Talisca (Besiktas), Paulinho (Barcelona), Philippe Coutinho (Barcelona) e Renato Augusto (Beijing Guoan) ATACANTES: Gabriel Jesus (Manchester City), Roberto Firmino (Liverpool), Douglas Costa (Juventus), Taison (Shakhtar Donetsk) e Willian José (Real Sociedad) #FutebolNaVeia #SeleçãoBrasileira #Convocação #Tite #Grêmio #Rússia2018 #Brasil #Brazil #WorldCup2018 #2018 #Instagram #Instamoment

A post shared by Futebol Na Veia (@futebolnaveiabr) on

Quais são os favoritos ao título da Copa?

– Alemanha, Espanha, França e Brasil. Essas são as equipes que têm apresentado o melhor futebol do mundo no momento. Portugal, Argentina, por ter o melhor do mundo, e Bélgica são seleções que vêm logo atrás.

E as chances aos novos convocados?

– Não só o jogo te dá um olhar sobre o jogador. Mas também o treinamento, o dia-a-dia, a expectativa, a competitividade. Às vezes o jogador não está bem no seu clube, mas a maneira que ele pode se encaixar no time faz com que ele mereça. O Willian José é um exemplo. Sylvinho tava com passagem comprada pra ir vê-lo e ele se machucou. Mas ele estava demonstrando durante a temporada todo seu valor.

Sobre Neymar:

– Foi muito feliz o pai do Neymar ao falar que a primeira preocupação é com a saúde do atleta. É a mesma preocupação que nós temos.

E o critério de convocação?

– Eu comemoro ainda fazer observações, quero valorizar o maior tempo possível. Sei que estamos na expectativa da Copa, faltam tantos dias, a gente sabe. Mas quero enriquecer meu hoje, me oportunizar para na situação final, sei que não vou agradar a todos, mas haverá uma linha de raciocínio. Posso convocar um atleta que não mereça, mas numa função que, num campeonato de sete jogos no máximo, possa ser importante. Se eu quiser um pivô, ele não estiver bem, vou convocar porque a equipe precisa.

A respeito de Brasil x Alemanha:

– Vão aflorar situações emocionais, verdadeiras, temos que trabalhar em cima da verdade. O que queremos desse jogo? Uma preparação. Nível de enfrentamento alto. Vamos pegar o país-sede, sabemos como isso é importante. Eles foram campeões na nossa casa, queremos nos preparar para estar bem na Copa do Mundo.

“Ritmista” da seleção?

– Ritmista é armador, meia-armador, construtor, assistente, use o adjetivo que quiser. Fernandinho tem essas características, Renato Augusto tem, Coutinho tem. Willian menos, mas tem. Arthur tem. Fred tem boa qualidade de passe vertical. Rodriguinho tem, Diego, Lucas Lima têm. Giuliano. São jogadores que compõem o meio-campo.

Willian José?

– O objetivo é ter opções, jogadores de características diferentes, um pivô, mas tem mobilidade. Ele é alto, mas se movimenta e cabeceia muito. Tem números bons em campeonatos importantes. Assim como o Jô, ou algum outro no Brasil possa ter essa característica e te permita um acréscimo.

Em relação a Geromel perder a fase final do Grenal:

– Não conversei com a diretoria do Grêmio (sobre desfalques em jogos decisivo do Gaúchão). Temos que nos ater ao lado técnico, o que entendemos ser importante. Eu assisti treinamentos, a comissão técnica tem assistido diferentes jogos, atletas… A gente procura, dentro de quem nos abre, nos permite, uma aproximação maior. Mas seria antiético, não seria transparente, se não olhássemos o lado técnico. Geromel merece pela grande Libertadores e pelo grande Mundial. Ele, Luan, Arthur, que ficou três meses parado, Grohe, todos estão no nosso hall de observação. Mas seria injusto se eu não convocasse o Geromel, não ficaria bem comigo mesmo.

E a política da CBF?

– Não é nossa alçada. A gente se reúne lá em cima e passei a lista a toda diretoria antes. Continuamos exatamente da forma como sempre trabalhamos, como combinamos. Há um respeito, uma hierarquia e a nossa autonomia em cima do trabalho. Essa diretriz de convívio, de trabalho, segue a mesma linha. Vai ser o Francisco Noveletto agora o chefe de delegação, como já foram presidentes de clubes.

Sobre a importância dos amistosos:

– Antes, o desempenho. Todo grande profissional precisa ter capacidade de avaliar o processo. Se não avaliar, ele se perde. O objetivo é o resultado final, é vencer, porém o segredo está na avaliação do processo. Se a equipe jogar bem, mantiver nível alto de concentração, administrar essas expectativas todas, tiver essa maturidade, isso é grande. Se tiver um grande futebol, é uma boa preparação. Um resultado bom sem desempenho não gera confiança, e atleta não se engana. Ele sabe quando achou um resultado, sabe avaliar quando produziu bem, quando a equipe jogou bem, foi consistente. Ele tem essa capacidade de análise. Jogar bem é fundamental, inclusive num jogo desse tamanho, com toda essa expectativa.

E o momento ruim do trio de atacantes:

– Vamos olhar para o outro lado? Willian, Douglas Costa, Firmino jogando muito. Uma equipe é forte por opções e concorrência. Pode assumir uma postura forte sem o seu maior jogador. É desumano colocar nas costas do Neymar toda a responsabilidade. Vamos pegar cada um a nossa parcela.

Leonardo José

Sobre Leonardo José

Leonardo José já escreveu 382 posts nesse site..

Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo José
Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo