Van Persie e Van Gaal (Foto: Ryan Fraser/FIFA)

Robin van Persie revelou que o ex-técnico da Holanda, Louis van Gaal, deu um tapa nele durante a Copa do Mundo de 2014. Isso foi logo depois que ele se recusou a sair do campo com cãibras.

Nas quartas de final contra a Costa Rica, a partida foi para a prorrogação após 90 minutos sem gols. No início dos 30 minutos, van Persie parou com cãibras e van Gaal gritou que ele iria tirá-lo.  O ex-atacante do Manchester United se recusou a deixar o campo, pois insistia em bater pênalti se a partida terminasse e ele lutou nos últimos 20 minutos.

“Eu olhei para ele absolutamente atordoado. Louis disse: ‘apenas continue com ele e certifique-se de colocá-lo na rede desde o local'.

A Holanda venceu nos pênalti por 4 x 3 com a Costa Rica, depois que van Gaal fez a chamada ousada para substituir o goleiro do Newcastle United, Tim Krul, pouco antes do apito final. A rolha fez duas grandes defesas, enquanto a Holanda avançava para as quatro finais.  Após o torneio, van Gaal aceitou o cargo de treinador em Old Trafford e juntou-se a van Persie mais uma vez.

VAN PERSIE REVELA MELHOR TÉCNICO QUE TRABALHOU

Apesar de ter conseguido sucesso com van Gaal, o atacante holandês saudou Sir Alex Ferguson como o melhor técnico com quem já trabalhou, desprezando o ex-treinador do Arsenal Arsene Wenger – com quem ele jogou por oito anos.

“Ferguson era realmente um super gerente. Wenger era uma combinação de Ferguson e Van Gaal. Arsene sempre enfatizou todas as coisas positivas e olhou para o que funcionaria ou a longo prazo. Taticamente, ele (Van Gaal) é um gênio. Você não pode negar isso”.

Van Gaal durou pouco menos de dois anos no United e foi demitido dois dias depois de ganhar seu primeiro troféu no clube com a vitória da FA Cup contra o Crystal Palace, em Wembley.

Foto Destaque: Reprodução/Ryan Fraser/ FIFA

Alexsander Vieira
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados