Vai entender…

O final de ano de 2015 para o ataque do Tricolor não foi nada agradável : Alexandre Pato, artilheiro do clube no ano, voltou ao Corinthians e o São Paulo não recebeu nada por isso; Luís Fabiano, ídolo máximo da torcida, foi vendido ao futebol chinês. Alan Kardec voltava de lesão e seria o único atacante de referência que o Tricolor poderia contar.

O clube do Morumbi foi então às compras.

Calleri foi anunciado em um negócio no mínimo bizarro. Um grupo de investidores trouxeram o argentino ao São Paulo para atuar por um período de seis meses. Ao final deste empréstimo, o atacante se transferirá para a Inter de Milão. O Tricolor não receberá nada por isso. O camisa 12 do São Paulo causou euforia ao marcar três gols nos dois primeiros jogos pelo time do Morumbi, mas sua lua de mel com as arquibancadas já chegou ao fim. O atacante já perdeu gols feitos e tem irritado por seus domínios de canela. O treinador Bauza, entretanto, parece não ver isso, já que o argentino é mantido no time titular.

O São Paulo não parou por aí e foi atrás de Kieza, atacante que ficou com a vice artilharia do país no ano de 2015, atrás apenas de Ricardo Oliveira. O passe do atacante pertencia ao Shangai Shenxin, que o vendeu ao Tricolor por 1 milhão de dólares. Kieza foi apresentado como novo camisa 9 do time paulista. Tinha tudo para brilhar no ataque do São Paulo. Teve sua maior oportunidade contra o The Strongest. Cara a cara com o goleiro, pegou muito mal na bola e chutou para fora. Bauza o colocou no banco e o camisa 9 não teve mais oportunidades.

Kieza não quis esperar nova oportunidade, muito menos aguardar a saída de Calleri. Pediu para sair, foi cortado do jogo contra o Palmeiras.

Seu destino deve ser o Vitória. O São Paulo já negocia com o clube baiano e as tratativas estão avançadas. O Vitória arcará com parte da dívida do Tricolor com o clube chinês e cederá dois jogadores da base – Liniker e Ruan Café – para o clube paulista.

A saída de Kieza chama a atenção. Como um time grande como o São Paulo pode se submeter a uma negociação deste tipo? Compra um atleta parcelado, que atua apenas duas vezes com a camisa do clube mas força sua saída por falta de oportunidades.

Kieza certamente será vendido. O São Paulo ficará então com Calleri e Alan Kardec para a posição. Em junho, Calleri irá para a Inter de Milão e o Tricolor ficará apenas com um atacante. Passaram-se três meses do fim do ano, o São Paulo gastou 1 milhão de dólares e no fim terá o mesmo número de atacantes que tinha em dezembro do ano passado.

Vai entender…

André Siqueira Cardoso

Sobre André Siqueira Cardoso

André Siqueira Cardoso já escreveu 313 posts nesse site..

Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

BetWarrior


Poliesportiva


André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

    Artigos Relacionados

    Topo