Nesta sexta-feira (20), o Cagliari anunciou que o zagueiro Diego Godín testou positivo para Covid-19. Assim, o número de jogadores infectados da seleção uruguaia chegou a oito. O clube italiano fez o anúncio através de suas redes sociais. Dessa forma, o atleta não enfrenta a Juventus neste sábado (22), pela 8ª rodada da Serie A.

Diego Godín disputou as partidas contra Brasil e Colômbia, pela 4ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo, e retornou à Itália na última quinta-feira (19). Entretanto, o atleta não teve nenhum contato com os companheiros de Cagliari, e já entrou em isolamento social.

Cagliari decidiu por afastar também o meia Nández, companheiro de Godín na seleção. Entretanto, o atleta testou negativo para Covid-19. Assim, a decisão do clube italiano foi apenas por precaução.

Surto de coronavírus na seleção uruguaia

A seleção do Uruguai vive um surto de Covid-19. Dessa forma, além dos jogadores, membros da comissão celeste também testaram positivo para o novo coronavírus. Assim, nomes como Luís Suárez Matias Viña desfalcaram a equipe no jogo contra o Brasil.

Sem os desfalques, a Celeste conseguiu vencer a Colômbia, fora de casa, pelo placar de 3 x 0. Após isso, o Uruguai, já com três casos de Covid-19 no elenco, recebeu o Brasil e perdeu por 2 x o. Dessa forma, a equipe de Óscar Tabárez ocupa a 5ª colocação, com seis pontos conquistados nas Eliminatórias.

Após o jogo contra o Brasil, oito novos casos foram divulgados. Assim, além de Godín, os atletas Diego Rossi, Alexis Rolín e outros cinco membros da comissão técnica celeste também testaram positivo para o novo coronavírus.

Atletas da seleção do Uruguai com Covid-19

  • Luís Suárez e Lucas Torreira (Atlético de Madrid)
  • Rodrigo Muñoz (Cerro Porteño)
  • Matias Viña (Palmeiras)
  • Diego Rossi (Los Angeles FC)
  • Alexis Rolín (Olímpia)
  • Darwin Nuñez (Benfica)
  • Diego Godín (Cagliari)

Foto destaque: Divulgação/ Diego Godín

Felipe Tavares
Felipe Tavares
Carioca, apaixonado por futebol. Nunca me vi trilhando uma carreira longe dele. Escolhi o jornalismo para poder trabalhar e viver desse esporte que está no meu sangue. Meu maior objetivo é cobrir uma Copa do Mundo.

Artigos Relacionados