Uruguai é campeão da China Cup

- Seleção Celeste bate País de Gales na final e leva o torneio amistoso.

Na manhã desta segunda feira, às 8 da manhã, Uruguai e País de Gales se enfrentaram pela final da China Cup, torneio amistoso entre quatro seleções (República Tcheca e a anfitriã China) que vale como preparação para a Copa do Mundo da Rússia 2018. No jogo de hoje, que valia o título do torneio, o Uruguai venceu o País de Gales por 1 x 0, gol isolado de Cavani aos 49′, e levou tornou-se campeão.

Os celestes foram convidados para a China Cup para substituir a Seleção Chilena, que foi “desconvidada” pelos chineses, pelo fato de não terem se classificado a Copa do Mundo e, visando o lado financeiro do torneio, prefeririam convidar os uruguaios que ainda abocanharam o título. Na semifinal, partida inaugural também, os sul-americanos enfrentaram a República Tcheca e venceram por 2 x 0, gols de Luis Suárez, de pênalti, aos 10′ e Cavani fechou a conta aos 37′, completando assistência de Nahitan Nández, com um golaço de voleio.

E na partida de hoje, na final do torneio, em jogo bastante equilibrado, o placar foi inaugurado no início do segundo tempo, aos 49′, quando Cristian Rodríguez recebeu passe em profundidade pelo lado esquerdo do ataque e tocou rasteiro para o meio da área, onde estava bem posicionado o centroavante oportunista Edinson Cavani, que só escorou e marcou o gol da vitória.

Mas quem pensa que os uruguaios dominaram a partida se engana. Os galeses comandados por Ryan Giggs fora de campo e Gareth Bale dentro dele, foram superiores a maior parte do jogo. Os europeus deram 17 chutes sendo nove a gol, contra 8 finalizações da equipe celeste e apenas duas no gol, e uma delas crucial.

Foi um duelo bem disputado, honesto, sem violência e em clima bastante amistoso, mas o que não deixou de lado, mesmo assim, o espírito de competitividade. Foi um bom teste para Óscar Tabárez observar seu elenco, já que fez algumas substituições do jogo contra os tchecos, como a mudança no esquema 4-3-1-2, onde Arrascaeta fazia a função de armador, para o 4-4-2, onde a única mudança de jogador era a entrada de Cristian Rodríguez no lugar de Arrascaeta, com Rodríguez fazendo a função de ponta esquerda e compondo a linha de quatro no meio e Nahitan Nández fazendo a mesma função, mas pelo lado direito. Tabárez ainda pôde ver, graças as cinco alterações que fez durante o jogo, Coates, Lucas Torreira, Gastón Silva, Cristian Stuani, Maximiliano Gomez.

Agora o ciclo de amistosos dos uruguaios para a Copa está se encerrando e o grupo parece praticamente fechado. A Celeste ainda tem um amistoso no dia 7 de junho, contra o Uzbequistão. A Seleção Uruguaia estreia na Copa do Mundo da Rússia no dia 15 de junho, contra o Egito, em Ecaterimburgo.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1233 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo