Uribe Santos

Em 2019, o Santos viveu com a falta de uma peça muito importante no elenco de Jorge Sampaoli: o centroavante. Assim, depois de muito insistência o clube conseguiu a contratação de Fernando Uribe, que estava no Flamengo. Dessa maneira, a negociação envolveu desconto na venda de Bruno Henrique, e parecia acabar com a carência ofensiva. Porém, com poucas chances, Uribe não conseguiu espaço, e agora está incomodado com a ausência entre os titulares. Deste modo, o camisa 9 quer sair, e o Querétaro, do México, surge como a opção mais certeira em levar o atacante da Baixada Santista.

Leia mais:

O clube mexicano foi recém-comprado e promete fazer alguns fortes investimentos. Assim, na busca por um centroavante, a mira é para o jogador do Peixe, que teve uma boa passagem na Liga MX quando defendeu o Toluca. Dessa maneira, os mandatários, que também são donos do Tijuana, lembram com carinho do camisa 9, e analisam fazer uma boa proposta. Contudo, ainda só sinalizaram com o interesse, mas nada foi feita de forma oficial.

Como o Santos pagou cerca de 5 milhões de reais (abatidos da venda de Bruno Henrique), em um jogador que não será utilizado na próxima temporada, o clube não deve dificultar o negócio. Contudo, o Peixe não irá se desfazer de seu patrimônio a qualquer custo, portanto, quer receber próximo do valor pago. Além disso, um empréstimo é cogitado, mas com pouca força. O que pode melhorar a situação é se os mexicanos toparem pagar o salário integral de Uribe, na casa dos R$ 600 mil.

URIBE NO SANTOS

Desde o meio do ano, quando chegou ao clube, Uribe atuou em 11 oportunidades, mas sequer balançou as redes. Assim, mal teve espaço, e ainda contou com Eduardo Sasha em boa fase e Kaio Jorge pedindo passagem. Além disso, a última vez que ele entrou em campo foi no dia 13 de outubro, pela 25ª rodada, contra o Internacional. Logo depois, variou participações no banco e fora dos selecionados.

Avatar
Alexsander Vieira
Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente. Obs: 3 x 0 não é goleada.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados