Uma nova cara para o calendário do futebol brasileiro

Na última quinta-feira (9/6), o Comitê de Reformas da CBF apresentou um resumo do que foi feito desde a sua formação em fevereiro. A novidade está nas alterações no calendário de 2017. As principais mudanças foram:

– Período de 30 dias de férias;

– 25 dias de pré-temporada;

– 18 datas para a disputa dos estaduais (foram 19 este ano, sendo que alguns tiveram menos) e mais oito para os regionais – nas mesmas datas da Libertadores.

A ideia é que tanto os estaduais quanto os regionais sejam finalizados até o dia 30 de abril.  O Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil devem começar na mesma época. Também foram anunciados a criação do Código de Ética do Futebol Brasileiro e um Departamento de Futebol Feminino, mas estas ainda serão sujeitas a votação em Assembleia Geral na CBF.

Foi também proposto que a Copa do Brasil não tenha mais jogos de volta em cada fase, mas isso ainda não foi confirmado. O grupo anunciou que o Brasileirão terá suas 12 rodadas de meio de semana reduzidas para nove. Além disso, o campeonato terá duas paralisações para os jogos da Seleção nas Eliminatórias (possivelmente em setembro e outubro). As pausas seriam de 14 dias, sem rodada no meio de semana anterior, no fim de semana e meio de semana posterior.

A CBF já aceita incluir a Primeira Liga entre seus torneios oficiais, mas só se ela fizer os ajustes requeridos pela entidade. Portanto, cada equipe que faz parte do grupo terá que negociar com suas federações como a adaptação será feita. Por conta disso, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman acredita que o torneio ainda seja disputado de forma amistosa na próxima temporada, mas sem entrar em conflito com os estaduais.

A adequação ao calendário do futebol europeu, um dos assuntos mais discutidos no país nos últimos anos, também chegou a ser conversada no grupo, mas não foi aprovado. Para o Comitê, o processo de ajuste para o calendário começar em agosto e encerrar em julho envolveria muitos setores e seria muito difícil.

Mesmo com as mudanças, ainda falta um problema a ser solucionado: o conflito das datas dos jogos decisivos da Copa do Brasil com a Copa Sul-Americana. Desde 2013, com a admissão dos times da Libertadores na Copa, as equipes que seguem às oitavas de final da competição não conseguem disputar a Sul-Americana. Segundo o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores, a adequação só deverá ser feita depois de uma reformulação dos dois torneios continentais, que são de responsabilidade da Conmebol.

BetWarrior


Poliesportiva


Mayara Flausino
Mayara Flausino
Mayara Flausino, 22 anos, sempre foi apaixonada por esportes. Já tentou ser nadadora, ginasta, jogadora de basquete, vôlei e futsal. No fim, pendurou as chuteiras e decidiu ir para o time dos jornalistas, o qual faz parte desde 2015. Atualmente procura uma vaga no time profissional e luta pelo fim do escanteio curto.

    Artigos Relacionados

    Topo