Robinho está há mais de um ano sem marcar nenhum gol atuando no Basaksehir

O tempo passa,que vê jogadores acionando a justiça para rescindir o vínculo, devido a ausência de pagamento.

Aos 36 anos, Robinho está longe de seu melhor nível técnico. Nesta temporada, apesar de ter conquistado mais um título nacional, sequer marcou um gol em 25 jogos disputados. Até aqui, o Basaksehir marcou 82 gols. Logo, é possível afirmar que o brasileiro não teve nenhum influência no título, pelo menos diretamente.

Isso porque, além de não ter marcado nenhum gol, Robinho tem, ao todo, apenas 9% de utilização na equipe. Dessa forma, acumula apenas 13% nos minutos de toda a temporada do Basaksehir até aqui, sem nenhuma participação direta em gol, seja marcando um ou servindo um companheiro.

Talvez, até por isso, a permanência de Robinho no Basaksehir é incerta. O vínculo do atacante com o clube turco, a princípio, se encerra no dia 6 de agosto, ou seja, em 10 dias. Entretanto, o clube tem um compromisso pela Europa League um dia antes, contra o Copenhague, valendo vaga nas quartas de final. Uma classificação significa que o clube terá mais compromissos na temporada, e o brasileiro pode nem estar mais com o elenco nesses últimos jogos.

No entanto, é importante ressaltar que o Basaksehir tem a opção de renovação do contrato de Robinho por mais um ano, mas ainda não pronunciou sobre o assunto. No entanto, obviamente o brasileiro pode assinar um pré-contrato com qualquer clube, uma vez que está prestes a ficar no livre no mercado.

Robinho: um ano e dois meses sem marcar gol

Na atual temporada, Robinho esteve fora de 12 jogos, por opção (6) ou lesionado (6). Enquanto amargou o banco de reservas em 11 partidas, sem entrar em campo. Em algumas compromissos entrou durante os minutos finais, jogando em apenas um e dois minutos, como foi contra nas vitórias diante do Alayaspor e Kayserispor, no jogo do título.

Como já mencionado anteriormente, o camisa 70 não marcou nenhum gol na temporada. Sendo assim, o último tento marcado foi em 12 de maio de 2019, por sinal, o gol da vitória sobre o Ankaragücü. Consequentemente, um ano e dois meses sem saber o que é marcar um mísero gol, sendo 27 jogos de jejum. Quase mil minutos sem balançar as redes, 978.

Interesse do Santos?

O mesmo Robinho foi acusado de “violência sexual em grupo” contra uma jovem albanesa, então aos 22 anos, em uma boate, em janeiro de 2013. A alegação é de que o jogador, então no Milan, e mais cinco amigos a intoxicaram com álcool até que ficasse incapaz de rejeitar o ato sexual. O jogador, obviamente, nega as acusações.

Nada disso interfere no desejo do Santos. A equipe da Baixada Santista confia na inocência do atleta e aguarda pela absolvição. Para o técnico Jesualdo, hoje, certamente, seria uma baita contratação, apesar do último ano de Robinho no futebol turco.

Foto destaque: Divulgação/Getty Images

Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados