Argentina | Futebol

Acompanhe nosso resumo com os principais notícias da semana no futebol argentino.

Fernando Gago anuncia aposentadoria do futebol

Fernando Gago comunicou à diretoria do Vélez que vai pendurar as chuteiras aos 34 anos. Dessa forma, o atleta finaliza um ciclo vitorioso e carregado de superação. Dentro de campo, o meio-campista colaborou com as conquistas de diversos títulos. Entre os de mais prestígio, estão duas taças La Liga, uma Supercopa da Espanha, uma Copa do Rei e uma Copa Sul-Americana.

Ao longo da carreira, o jogador vestiu as camisas do Boca Juniors, Vélez e Real Madrid. Além disso, fez parte da seleção argentina que chegou à final da Copa do Mundo de 2014. Porém, as lesões sempre foram seu principal obstáculo, visto que foram cinco contusões graves ao longo de sua trajetória. Por fim, Gago divulgou um texto nas redes sociais em que esclarece estar feliz com a decisão, e ressalta a “(…) decisão na hora certa”.

“Ley de Razonificación” será votada em Buenos Aires

A Assembleia Legislativa de Buenos Aires votará na quinta-feira (19) a permissão para a construção do novo estádio do San Lorenzo. Apesar disso, se for aprovado, o projeto ainda precisará passar por uma audiência pública e uma votação em segunda instância em 2021. De qualquer forma, alguns dos pilares centrais da iniciativa podem começar a se concretizar na cidade.

Além do estádio, a ideia é entregar outras programações sociais para o povo. O presidente do clube, Marcelo Tinelli, comentou sobre os avanços judiciais. Além disso, relembrou o histórico pessoal com o time. Ele disse: “Penso em meu avô, no meu velho, meus filhos, em toda minha enorme família cuerva com mais de quatro milhões de integrantes”.

Lionel Scaloni critica a postura do VAR no futebol

O treinador da Seleção Argentina criticou a atuação do VAR no empate contra o Paraguai, pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Na entrevista coletiva após a partida, ele destacou os principais pontos que o incomodaram. Ele disse: houveram muitas jogadas em que ele (o VAR) poderia ter atuado e hoje não atuou”.

Apesar disso, Lionel Scaloni se conteve ao fazer suposições e disse que, apesar da postura, não significa que a equipe agiu de “(…) boa ou má fé”. Contudo, o técnico continuou comentando e, ao falar sobre o pênalti convertido por Ángel Romero, cravou: “(…) pra mim, não foi (…)”. Por fim, resumiu a revolta em algumas palavras: “(…) acredito que ninguém gosta do futebol assim”.

Boca Juniors conta os dias para se despedir de Pol Fernández

O Boca Juniors anunciou, através de uma nota, que não deve estender o contrato com Pol Fernández. Dessa forma, o atleta continuará treinando no CT do clube, mas não será mais relacionado para as partidas. Na publicação, é dito: “(…) nos últimos dias o jogador comunicou que não queria continuar na instituição. Por este motivo, dada a vontade expressa por ele, o Boca não fará um esforço de compra tão grande (…)”.

https://twitter.com/BocaJrsOficial/status/1326661384717922304

Newell’s Old Boys e o “novo” Messi

Não há dúvida quanto ao maior jogador que já vestiu a camisa do Newell’s. Porém, em tempos recentes, o mesmo sobrenome voltou a circular nas categorias de base do clube. Joaquín Messi tem 18 anos e veste a camisa 10 do time de Rosário. Dessa forma, o público e a imprensa não deixam de comparar o jovem ao craque do Barcelona.

Entretanto, a esperança de um “novo” Messi para o futebol argentino alimenta uma cultura prejudicial para o atleta. Além da pressão externa, Joaquín chegou a receber mais destaque pelo seu nome do que pelo seu futebol. Ele disse: “Uma vez, na minha nona partida, um zagueiro me marcou o jogo inteiro só porque me chamo Messi”.

Gabriel Pellegrino volta à presidência do Gimnasia

Gabriel Pellegrino havia divulgado uma carta na qual anunciou sua renúncia ao cargo de presidente do clube. Apesar disso, o cenário mudou pouco tempo depois da divulgação. O Gimnasia divulgou um comunicado afirmando que, após diversas conversas, a ação havia sido desfeita. É dito: “A decisão (de Pellegrino) foi tomada após uma nova reunião do Conselho de Administração onde se discutiram, foram esclarecidas divergências e se renovou o esforço coletivo de cada um dos membros que o compõem para continuar a construir o Gimnasia que todos queremos”.

Foto destaque: Divulgação/ Selección Argentina

Avatar
Tiago Souza
Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

Artigos Relacionados