Pusineri | Futebol

Leia a seguir as notícias que movimentaram o mercado do futebol argentino no último fim de semana!

Atlético Tucumán não terá Zielinski na próxima temporada

Após algumas apurações indicarem que Ricardo Zielinski poderia partir para o Estudiantes, o próprio treinador anunciou o fim de seu ciclo no futebol de San Miguel. O técnico aproveitou uma reunião com dirigentes da equipe para comunicar que não vai renovar seu contrato após o término da Copa Diego Maradona.

Apesar de estar se distanciando, Zielinksi se dispôs a ajudar no processo de transição e indicou um nome para ocupar seu lugar. Omar De Felippe, que treinou o Newell’s Old Boys em 2018, é a aposta do momento. Apesar do histórico discreto, com passagens curtas também pelo Vélez e pelo Independiente, o ex-jogador é a opção de confiança de Ricardo.

Independiente se mantém com Lucas Pusineri

O Independiente entrou em acordo com Lucas Pusineri e o treinador vai permanecer do clube até dezembro de 2021. A renovação aconteceu após uma reunião realizada na quarta-feira (23/12), e não contou com a presença de Jorge Burruchaga. O projeto para o próximo ano deve tentar integrar novos nomes à comissão, além de conquistar mais reforços para a equipe.

https://twitter.com/ESPNFCarg/status/1341081107928936450

Estudiantes e Desábato rescindem relação áspera

O Estudiantes não será mais comandado por Leandro Desábato após uma sequência negativa dentro e fora dos gramados. O treinador assumiu a culpa e reconheceu que o futebol apresentado não era condizente com o potencial da equipe, mas se mostrou decepcionado com a postura da diretoria, que procurava nomes desde cedo para substituí-lo.

Entre os mais cotados estava Ricardo Zielinski, que vai deixar o Atlético Tucumán após o fim da Copa Diego Maradona. Apesar disso, a busca por outros técnicos se intensificava a cada resultado negativo. Desábato disparou: “Se estou sentado aqui, é por respeito aos jogadores e à instituição”.

Foto em destaque: Divulgação/ Club Atlético Independiente.

Tiago Souza
Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

Artigos Relacionados