Tuchel afirma que não deseja enfrentar o Liverpool na Champions (Foto: Reprodução/Getty Images)

Finalista com o PSG na última temporada, o técnico Thomas Tuchel agora volta às semifinais da Champions League, mas comandando o Chelsea. Sem adversário definido ainda, o técnico alemão espera o confronto de volta entre Liverpool x Real Madrid para conhecer o seu rival. Entretanto, se dependesse da vontade do treinador, os espanhóis avançariam.

“Não desejo nada, mas, em geral, na Champions League, gosto de não jogar contra equipas da própria liga. Esse jogo está longe de ter terminado, vou assistir e é um prazer assisti-lo como semifinalista. Tudo é possível, o Liverpool é muito forte em casa”, disse o alemão em entrevista após o jogo.

No comando do Chelsea desde janeiro, Tuchel já enfrentou o Liverpool uma vez e saiu vencedor. Na ocasião, os Blues foram até Anfield e bateram o rival por 1 x 0 com gol de Mason Mount. Ao todo, o treinador acumula 18 jogos no time londrino, somando 12 vitórias, quatro empates e duas derrotas. Um dos reveses, aliás, aconteceu nesta terça-feira (13) diante do Porto. Desse modo, ao falar sobre o embate, Thomas não escondeu a dificuldade enfrentada pelos ingleses.

“Aceitamos o que era necessário. Foi uma luta dura, muito dura. Pode não ter sido o melhor jogo para assistir na TV, mas do lado de fora foi um jogo muito intenso, um jogo muito rápido. Foi muito difícil jogar contra eles e escapar da pressão. O Porto é uma equipe que consegue fazer os outros times apresentarem um desempenho inferior, aconteceu na fase de grupos e contra a Juventus”, afirmou.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.