A tormenta da semifinal

No estádio José do Rego Macie (PE), o duelo foi de titãs. O Bahia empatou em 2 a 2 com o Santa Cruz-PE. No primeiro tempo, quem abriu o placar foi o camisa 9 do Bahia, Hernane aos 18 minutos.

Para desespero do super-homem tricolor, Marcos iguala o placar aos 45’ para a cobra coral. O que parecia ruim só piorou no segundo tempo, quando aos 12 minutos, Grafite virou o jogo para o time pernambucano.

Quando tudo parecia não ter solução, aos 39’, surgiu a oportunidade que o Bahia precisava. Uma cobrança de pênalti que foi bem cobrada por Luís, o camisa 17, pra empatar tudo.

A decisão de quem vai para o final ficará para o jogo de volta será do dia 17, na Arena Fonte Nova (BA).

Maria Angélica Andrade

Sobre Maria Angélica Andrade

Maria Angélica Andrade já escreveu 73 posts nesse site..

Sou Maria Angélica Andrade, moro em São Paulo, tenho 27 anos. Faço Jornalismo e amo esportes em especial futebol. Escrever sobre um esporte tão querido pelos brasileiros é motivo de orgulho e muita responsabilidade.

BetWarrior


Poliesportiva


Maria Angélica Andrade
Maria Angélica Andrade
Sou Maria Angélica Andrade, moro em São Paulo, tenho 27 anos. Faço Jornalismo e amo esportes em especial futebol. Escrever sobre um esporte tão querido pelos brasileiros é motivo de orgulho e muita responsabilidade.

    Artigos Relacionados

    Topo