Top 10: Craques que não venceram a Copa do Mundo

- Confira a lista com grandes jogadores que durante a história marcaram o futebol, mas não venceram uma Copa
Taça da Copa do Mundo

A história do futebol é recheada de grandes jogadores que marcaram o esporte com estilo, classe, raça, inteligência e talento. No entanto, mesmo alguns deixando seu nome nos clubes não conseguiram levantar uma Copa do Mundo FIFA com a seleção do seu país. Assim, mesmo sendo vitoriosos durante a carreira não conseguiram essa glória por alguns motivos e isso seria a cereja no bolo para completar uma trajetória vencedora no futebol.

Confira a lista com nomes que já se aposentaram e alguns ainda em atividade que não alcançaram essa meta. Contudo, são jogadores muito conhecidos que não tiveram o gosto de ser campeão do torneio da FIFA mais importante de seleções.

10º – ZLATAN IBRAHIMOVIC

Ele é um dos maiores atacantes do mundo, 38 anos, com passagens por Inter de Milão, Milan, PSG, Manchester United e Barcelona. Assim, conquistou títulos por onde passou e problemas também. Entretanto, com a seleção Sueca não teve sorte, pois Ibra não pegou a grande safra da década de 90 que chegou a semi-final da Copa de 1994. Não teve grandes companheiros para ajudar, mas levou a três quartas de finais, duas em Copas do Mundo (2002 e 2006) e uma em Eurocopas (2004).

9º ARJEN ROBBEN

A Holanda sempre teve safras com muito jogadores talentosos, porém só conquistou a Eurocopa de 1988. Robben atualmente está com 36 anos e aposentado, porém passou por Real Madrid, Bayern de Munique e Chelsea. Entretanto, chegou como o grande nome da geração na Copa de 2010, no qual perdeu para Espanha na final. Em 2014, parou na semifinal e foi considerado o melhor da Copa, mesmo com o prêmio sendo dado ao Lionel Messi. Também na Euro de 2004 foi até a semifinais, quando foi derrotado por Portugal. Contudo, ficou conhecido pela sua canhota e corte para o meio e chute, sempre fatal. Assim, seu melhor momento em clubes foi no Bayern na qual jogou e foi um dos melhores do mundo.

8º LUÍS FIGO

Figo que atualmente está aposentado, 47 anos, só viu sua seleção triunfar depois de encerrar a carreira. Deste modo, passou pela Inter, Real Madrid e Barcelona, tendo uma passagem boa na Itália e participando dos Galácticos do Real. A grande estrela da seleção portuguesa na Euro 2004, disputada em casa. Assim, chegou até a final, mas acabou superada pela Grécia, em uma das maiores zebras do futebol mundial. Contudo, foi campeão mundial sub-20, o ídolo recente e Cristiano Ronaldo que também até o momento não obteve sucesso, porém participou da conquista da Euro 2016.

https://twitter.com/Canal_11Oficial/status/1212752769305763842?s=20

7º DAVID BECKHAM

Beckham foi um dos jogadores mais importantes da década passada no futebol mundial. Ele brilhou por Manchester United, Real Madrid e ainda ajudou na popularização do esporte nos EUA, defendendo o LA Galaxy. No entanto, na seleção inglesa nunca mostrou todo o seu futebol. Assim, em três Copas disputadas foi eliminada nas fase de grupos e duas vezes nas quartas de finais. Contudo, hoje aposentado e com 44 anos, não é o único na fila, a seleção foi campeã em 1966 e na Euro não passou das semifinais.

https://twitter.com/442futebol/status/1246057403357048832?s=20

6º ROBERTO BAGGIO

Ele perdeu o pênalti que deu o título para o Brasil na Copa do Mundo de 1994. Assim, quando Baggio isolou a sua cobrança na final da Copa, deu adeus, também, a sua melhor chance de conquistar um título com sua seleção. Um dos melhores jogadores da década de 1990, ele nunca mais chegou tão perto: em 1998, a Itália foi derrotada nas quartas de final pela anfitriã França e em Eurocopas, enquanto ele esteve na seleção, o time não chegou às fases finais.

https://twitter.com/MemoriasFutebol/status/1025523972035764224?s=20

5º MICHEL PLATINI

Platini ganhou quase tudo como jogador. Nos anos 80, a seleção francesa era uma das potências no futebol. Assim, na Copa de 1986, os Bleus eram favoritos ao titulo por terem vencido a Euro de 1984, eliminaram o Brasil nas quartas de finais, mas pararam nas semi. Sendo assim, a seleção ficou em terceiro e foi o fim de Platini na seleção, que foi campeã da Copa do Mundo FIFA em 1998 e 2018. Atualmente o ex-jogador tem 64 anos.

https://twitter.com/Jadeangelina83/status/1142538361216872450?s=20

4º FERENC PUSKAS

A Hungria de Puskas também revolucionou o esporte. E, como Cruyff, teve de se contentar com o sucesso nos clubes. Ele foi três vezes campeão da Liga dos Campeões, ganhou um mundial de clubes e cinco campeonatos espanhóis pelo Real Madrid. Porém, pela seleção da Hungria, sua grande Copa do Mundo FIFA foi a de 1954, em que chegou como favorita, venceu a seleção brasileira de Didi e Julinho Botelho e perdeu para a Alemanha por 3 a 2 (após abrir 2 a 0). O ex-jogador faleceu em 2006.

 

3º ZICO

Zico foi o maior jogador de todos os tempos do Flamengo, sendo também o maior goleador da história. Assim, em 1982 fez parte de umas das melhores seleções das Copas, porém foi eliminado para Itália na segunda fase e em 1986 perdeu nas quartas para a França, nos pênaltis. Até a Copa América aquela geração não venceu. Atualmente o ex-jogador tem 67 anos.

https://twitter.com/ESPNBrasil/status/877965019505451010?s=20

2º JOHAN CRUYFF

Cruyff revolucionou o futebol participando do Futebol Total, no Ajax e na seleção holandesa. Assim, na Copa do Mundo de 1974 contou com uma das melhores equipes de todos os tempos: a “Laranja Mecânica” da Holanda. Com um futebol dinâmico e participativo, a equipe do craque encantou o planeta e é lembrada até hoje. Contudo, o problema é que aquela equipe nunca conquistou um título. Na decisão de 74, perdeu para a Alemanha Ocidental por 2 a 1. Na Eurocopa de 1976, os holandeses pararam na semifinal, 3 a 1 para a Tchecoslováquia. O único título holandês é a Euro de 1988.

1º LIONEL MESSI

Aos 32 anos, o atacante do Barcelona tem cinco Bolas de Ouro da Fifa (sendo o maior vencedor), três prêmios de melhor da Europa (dado pela Uefa), quatro títulos da Ligas dos Campeões e três títulos mundiais de clubes. No entanto, teve bons companheiros, levou a Argentina as duas últimas finais da Copas América e para a decisão da Copa do Mundo FIFA de 2014, porém foi vice-campeão. Contudo, sua conquista com a seleção foi o ouro Olímpico em 2008.

https://twitter.com/442futebol/status/1248248820653101057?s=20

Foto Destaque: Reprodução/UOL

BetWarrior


Poliesportiva


Nicollas Almeida
Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.

    Artigos Relacionados

    Topo