Tom Byer: o americano condecorado pelo trabalho de base no Japão

- O ex-jogador começou sua carreira no RVHS e atualmente treina jovens para o futebol
Tom Byer

Nascido em Nova York, em 21 de novembro de 1960, Tom Byer é um ex-jogador de futebol profissional e atualmente treinador de base. O atual técnico começou sua carreira no futebol na juventude e hoje é reconhecido pelo seu trabalho na função no Japão, Ásia. Sendo assim, a coluna Desbravando o Tio Sam desta semana vai te contar quem é esse homem que introduziu o conceito de foco no desenvolvimento técnico para crianças.

CARREIRA

O ex-jogador começou sua carreira ainda na juventude na área esportiva. O primeiro clube que o técnico atuou, foi na Rondout Valley High School, onde foi considerado o melhor jogador do ano no Mid-Hudson . Além disso, com a conquista, Byer, levou sua equipe para dois campeonatos da liga. Tom se formou em Artes Liberais, enquanto jogava pelo  SUNY Ulster.

Após sua formatura, Byer, treinou no Tampa Bay Rowdies, mas a franquia fechou pouco tempo depois. Além disso, o ex-jogador fez uma rápida passagem no Leiston FC na Inglaterra antes de se tornar o primeiro jogador de futebol americano a jogar na Ásia ao assinar pelo Hitachi FC .

Tom Byer's 'Soccer Starts at Home' philosophy brought to Houston Dynamo's youth | Soccer, Young athletes, Philosophy
Foto:Reprodução/Pinterest

TREINAMENTO DE JOVENS

O americano aposentou as chuteiras em 1989 e fundou a Companhia Japonesa Kix International, uma organização para treinamento de futebol juvenil. Além disso, pouco tempo depois, Tom Byer, lançou a ideia de um um Programa de Clínica Nacional, com o intuito de produzir juntamente com a Nestlé 50 eventos no primeiro ano patrocinados pela Marca Milo.

O Programa de Clínica Nacional, em parceria com a multinacional, durou cerca de 10 anos. Além disso, o ex-jogador, ficou conhecido pelo projeto que foi o maior sucesso. Sobretudo, em 1993, o americano apresentou outro programa para um investidor do Projeto Fuji. Na ocasião, Tom viajou por toda a  Ásia, na direção de clínicas para as Federações Nacionais de Futebol para ajudar a melhorar e incentivar o desenvolvimento dos jovens.

Tom Byer: US Soccer backtracks on technical coach's pilot program - Sports Illustrated
Foto: Reprodução/SportsIllustrated

O ex-jogador, ao longo de sua gestão na Coerver Coaching, fundou mais de 60 escolas no Japão. Sobretudo, em 2007, deixou o programa e abriu sua própria academia, a T3. O projeto não se concentra em apenas treinar clínicas, mas também no desenvolvimento de plataformas multimídia para a entrega de programas e currículos específicos para o desenvolvimento de jovens em toda a região asiática.

A Associação de Futebol da Indonésia, em agosto de 2012, anunciou uma parceria com a T3 para auxiliar na candidatura para a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA 2017. Além disso, ainda no mesmo ano a Associação Chinesa de Futebol, anunciou a nomeação de Thomas como Conselheiro Técnico Chefe do Escritório do Programa de Futebol Escolar da China e Embaixador Oficial CFA de Base.

PRÊMIOS

O ex-jogador, ganhou uma homenagem da Adidas, após produzir eventos em mais de 2000 locais com um total de 500.000 crianças participantes. A marca, presenteou o americano com uma Chuteira de Ouro, após sorteio da Copa do Mundo de 1998 por sua contribuição para o futebol juvenil na Ásia.

Thomas é o único treinador de jovens que recebeu uma Chuteira de Ouro. Além disso, em 2012, o blog de futebol AFF nomeou Tom como um dos 10 maiores jogadores de futebol estrangeiros influentes no Japão. Na Ásia, durante o tempo que passo lá, foi destaque em uma série de programas de mídia de alto perfil. Sobretudo, quando estrelou na TV, em uma programação infantil.

Foto destaque: Reprodução/Socceramerica

Wevilly Monteiro

Sobre Wevilly Monteiro

Wevilly Monteiro Oliveira já escreveu 68 posts nesse site..

A escolha do Jornalismo foi por conta de gostar muito de escrever , ser viciada em telejornais , ouvir rádio, ler muitos sites de notícias desde pequena! Atualmente eu faço fotojornalismo. Meus principais objetivos no curso mesmo é fazer especialização em assessoria, jornalismo esportivos e aprender mais sobre fotografia.

BetWarrior


Poliesportiva


Wevilly Monteiro
Wevilly Monteiro
A escolha do Jornalismo foi por conta de gostar muito de escrever , ser viciada em telejornais , ouvir rádio, ler muitos sites de notícias desde pequena! Atualmente eu faço fotojornalismo. Meus principais objetivos no curso mesmo é fazer especialização em assessoria, jornalismo esportivos e aprender mais sobre fotografia.

    Artigos Relacionados

    Topo