Tijuana e Cruz Azul estreiam com vitoria, já Chivas e Leon ficam no empate na Liga MX

Neste sábado (25), três confrontos agitaram ainda mais a 1ª rodada da Liga MX Apertura. A partida que abriu o sábado na elite do futebol mexicano foi o duelo entre Chivas x Leon, às 21h (horário de Brasília), que terminou em um empate sem gols. Mais tarde, às 23h, o Tijuana venceu em casa o Atlas, pelo placar de 3 x 1. Simultaneamente, no estádio Azteca, o Cruz Azul triunfou sobre o Santos Laguna por 2 x 0. Por conta da pandemia da Covid-19, todos os jogos foram realizados sem a presença de público.

LIGA MX APERTURA – 1ª RODADA

CHIVAS GUADALAJARA 0 X 0 LEON

Antes do início de todos os jogos está sendo respeitado um minuto de silencio em homenagem e respeito às vitimas do novo coronavírus. Após o apito inicial, mesmo sem a presença de torcedores, a expectativa era que o Chivas começasse tomando às ações do jogo. Contudo, os visitantes começaram melhores, e logo aos 4′, Montes acertou um bom chute de fora da área e já obrigou o goleiro adversário a sujar o uniforme. No entanto, jogando no contra-ataque, o Rojiblanco criou a melhor chance clara de gol do primeiro tempo, após lindo laçamento vindo da zaga, Brizuela dominou e bateu tirando tinta da trave do goleiro Cota.

Na volta do intervalo, na tentativa de mudar as características do time de Guadalajara, o técnico Luis Tena colocou Caldéron no lugar de Brizuela. Porém, o Leon seguiu tomando as rédias do confronto, levando e intensificando ainda mais perigo ao gol do Chivas. Sem conseguir converter as chances em gol, os Panzas Verdes perderam o ritmo e foram dominados pelos donos da casa nos últimos minutos, que quase conseguiram abrir o marcador em linda cabeçada de JJ Macias que acertou a trave.

Na próxima rodada os mandantes enfrentarão a equipe do Santos Laguna, fora de casa. Do outro lado, o Leon recebe o poderoso Monterrey em casa.

CRUZ AZUL 2 X 0 SANTOS LAGUNA

Em jogo de seu total e completo domínio, o Cruz Azul não teve dificuldade para derrotar o time do Santos Laguna. O time de Torreón, que entrou em campo como zebra, viu sua situação se agravar após Hugo Rodriguez ser expulso aos 14’ da etapa inicial. Dessa forma, La Máquina Azul passou a dominar o jogo, criando assim, inúmeras oportunidades. Na marca dos 38’, Yotun aplicou lindo drible dentro da área no zagueiro Torres e foi tocado. Com isso, o VAR entrou em cena e auxiliou o arbitro de campo na marcação do pênalti para o Cruz Azul. Assim, Jonathan Rodriguez bateu e o goleiro Acevedo fez linda defesa, porém, no rebote, o mesmo concluiu e abriu o marcador.

Na segunda etapa, o Santos continuou sendo sufocado pela equipe mandante. Com isso, logo o Cruz azul ampliou o placar, com Alexis Gutierrez aos 27’. Em nenhum momento a equipe visitante esboçou reação, o que deixou os mandantes tranquilos para administrar à vantagem.

O próximo confronto do Cruz azul pelo Apertura, será diante do Puebla, fora de casa. Já o Santos, terá difícil duelo em casa contra o Chivas Guadalajara.

TIJUANA 3 X 1 ATLAS

O placar engana quem acha que os Xolos venceram fácil a equipe do Atlas. O confronto foi bem equilibrado, com grandes chances para ambas às equipes. Mas, quem começou levando a melhor foi o time do Tijuana, abrindo o placar aos 12’ com Bolãnos, porém, não demorou muito para o Atlas igualar o marcador novamente. Em linda jogada individual, o camisa 10 Luciano Acosta deixou os defensores adversários no chão e igualou as coisas no Estádio Caliente, na marca dos 21’.

Após o intervalo, o treinador Pablo Guede promoveu uma mudança nos Xolos e colocou Jordi Cortizo em campo. E o meia não precisou de muito tempo para ser decisivo. Aos 5’ da etapa complementar, com assistência de Bolanos, Cortizo finalizou e ampliou o placar para os mandantes. O Atlas cresceu no jogos, entretanto, não obteve exito na tentativa de sair com pelo menos um ponto. No último minuto de partida, em conta-ataque do Tijuana, o zagueiro Hugo Nervo acabou marcando contra o próprio patrimônio e sacramentou a derrota dos Zorros.

Na próxima rodada o Tijuana recebe o Tigres e o Atlas visita o Atlético São Luis.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Gabriel Ricardo
Instagram: @gabriel_ricardo77 Meu nome é Gabriel, sou estudante de jornalismo pela UNIP. Fascinado por esportes, futebol principamente, e fã da resenha e dos debates, percebi desde cedo que jornalismo seria o caminho que eu iria trilhar. Com o amor pelo futebol e vivência na arquibancada, vi e sinto na pele que o futebol é muito mais que 11 contra 11. E é essa mensagem que tentarei transmitir a todos enquanto me for possível.

Artigos Relacionados