Tiago Nunes traça prazo mínimo para readaptação do Corinthians

- Treinador ainda explicou o motivo de subir quatro garotos da base
Tiago Nunes no Corinthians (Foto: Corinthians)

Na manhã dessa quarta-feira (30), o elenco do Corinthians fez seu primeiro treino com bola desde março, mês em que havia sido dado início a paralisação, devido a pandemia do novo coronavírus. O time estava a uma semana fazendo, somente, avaliações físicas e testes. O treinador da equipe Tiago Nunes, que agora conta com o time completo a disposição, começou a preparação para a volta das competições. O mesmo concedeu uma entrevista ao Corinthians TV e projetou 25 dias, no mínimo, para os atletas voltarem com segurança na parte física.

“Com um tempo de parada tão extenso, de quase 100 dias, a gente acredita que precisa no mínimo de 25 a 30 dias de preparação. É o período básico para voltar com segurança na integridade física e com ritmo de treinos básico para voltar a competir.”

A princípio, o técnico afirmou estar satisfeito com o condicionamento físico dos atletas. Ademais, ressaltou a responsabilidade que eles tiveram durante a paralisação. Embora disse que a preocupação da equipe técnica do Timão é dar uma condição atlética mínima para os jogadores voltarem às atividades com bola.

Foi uma semana praticamente de atividades para ter um parecer físico da condição dos atletas. Ficamos satisfeitos num primeiro momento pelos cuidados que tiveram nas suas casas, todos mantiveram uma rotina de treinos que deu para perceber pelo retorno, tiveram bom rendimento nos testes. A preocupação é dar uma condição atlética mínima para os jogadores voltarem às atividades com bola. Foi o que foi buscado neste primeiro momento. E preservar a saúde deles para, no retorno com bola, estarem o mais adaptados possível às atividades.”

Estádio sem torcida

São Paulo é um dos estados em que as partidas ainda não tiveram reinício. Contudo, a volta dos jogos, certamente, não contará com o apoio da torcida nos estádios. Ainda assim, vale lembrar que a capital paulista é a cidade com maior número de casos da Covid-19. Tiago Nunes entende que não contar com a presença da Fiel, prejudica a equipe, porque nenhum artifício substitui a torcida que cumpre papel dentro de campo.

O Corinthians foi uma das equipes que sofreu com esse desequilíbrio técnico, porque foi uma das equipes que jogou em casa sem torcida, a torcida do Corinthians é única, ela faz realmente um papel diferencial dentro do campo com os jogadores, não tem como representar a presença dela com microfones, com som, é um calor humano que só existe aqui dentro do Corinthians realmente, tem um desequilíbrio técnico mas também existe um nivelamento maior, onde as equipes, em teoria, vão estar em condições mais parecidas dentro de casa.

Tiago Nunes e a promoção da base

Na volta aos treinos, quatro novas surpresas apareceram, afinal, a equipe contou com a presença de jogadores do sub-20 e do sub-23. Gabriel Pereira, Roni, Ruan Oliveira e Matheus Donelli foram os selecionados. Sendo assim, o treinador aproveitou para comentar sobre as promoções dos garotos da base, e dessa maneira, explicou quais são suas intenções aos convocá-los ao time principal.

A intenção principal é deixar nosso grupo um pouco maior. Sabemos que o calendário da base está muito prejudicado neste ano, talvez nem tenham competição, não há previsão de retorno. E como achamos que terá um acúmulo de jogos muito grande em pouco tempo, a gente resolveu aumentar o volume do grupo principal. Como não teríamos a rotina de requisitar diariamente, atletas de polivalência e potencial técnico e história no clube também, com boas atuações na categoria, passam a ser opções nos jogos e nos dar uma condição melhor na rotina de treinamento.”

Confira, na íntegra, a entrevista do treinador:

Foto destaque: Divulgação/Corinthians

BetWarrior


Poliesportiva


Igor Grecco
Igor Grecco
Igor Grecco, 19 anos, Guarulhense e adorante do futebol. Estudante de Jornalismo na Universidade Nove de Julho em São Paulo, atualmente morando em Guarulhos/SP. "É sempre bom estar por dentro deste esporte tão emocionante e adorável que é o futebol, e como um bom e futuro jornalista, escrever sobre ele é demais!"

    Artigos Relacionados

    Topo