Thiago Neves tem histórico de acionar clubes na Justiça

Na última semana, todos ficaram surpresos quando o Thiago Neves acionou o Atlético Mineiro na Justiça alegando descumprimento de um acordo entre clube e jogador. Nisso, Eis a Questão de hoje: Quantos clubes o jogador já colocou na Justiça?

Clubes que Thiago Neves colocou na Justiça

Em 2007, quando jogava no Paraná, ele colocou o clube paranaense na justiça, pois queria romper o seu contrato. Logo depois de rescindir, o jogador foi para o Fluminense, pela primeira vez.

Em 2013, enquanto estava na sua terceira passagem pelo Fluminense, o jogador colocou o Flamengo na justiça. Nisso, ele cobrava do Rubro-Negro Carioca a diferença no pagamento de “direito de Arena” nos anos que vestiu a camisa do Fla.

2015: enquanto estava no Al-Jazira, colocou o próprio Fluminense na justiça. Com isso, no ano passado a juíza Cleia Maria Carvalho de Couto, da 61ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, decidiu que o Fluzão deveria pagar R$ 260 mil por salários em atraso, verbas rescisórias e indenização por dano moral.

Em 2017, antes de ir jogar no Cruzeiro, acionou a FIFA para se desligar do Al-Jazira, dos Emirados Árabes. Com isso, fechou com a equipe mineira.

2019: foi a vez do Cruzeiro. O jogador cobra R$ 16 milhões, além de mais R$ 1,2 milhão por uma cláusula contratual. Essa cláusula dizia que se o atleta assinasse 42 vezes a súmula de jogos oficiais, teria que receber esse valor. Esse pagamento ter sido pago até fevereiro de 2020, o que não aconteceu.

Em 2020, mais uma vez, Thiago Neves colocou outro clube na justiça, dessa vez o Atlético Mineiro. O jogador cobra R$ 20 milhões, pois ambas a partes combinaram que, caso a contratação não fosse feita ele teria o direito a esse valor. O processo ainda esta na justiça e sem um veredito final.

Foto destaque: Divulgação/Bruno Haddad/Cruzeiro

Augusto Martins
Escolhi o jornalismo por eu desde de cedo gostar de informar as pessoas sobre o que acontece no mundo esportivo.

Artigos Relacionados