Um dos maiores zagueiros centrais da história no auge, tanto no Chelseaonde foi multicampeão, quanto pelo English Team, do qual foi o melhor jogador na Copa do Mundo em 2006, disputada na Alemanha. No clube londrino foram quase 20 anos, 11 títulos e a idolatria máxima da torcida. Terry só deixou a cor azul para ser emprestado ao Nottingham Forest e quando encerrou a carreira no Aston Villa, onde segue trabalhando com o que mais ama: o futebol. Assim, a coluna Parabéns ao Craque homenageia este ídolo do futebol inglês, que completa quatro décadas nesta segunda-feira (7).

INÍCIO

Terry foi lançado pelo treinador italiano Gianluca Vialli. A estreia como profissional foi em 28 de outubro de 1998. El eestava prestes a completar 18 anos e foi contra o, ironicamente, último clube, Aston Villa, pela Copa da Liga Inglesa. Assim, em 2000, conquistou seu primeiro título, a Copa da Inglaterra, pela qual também marcou seu primeiro gol. Ele anotou o tento em 20 de fevereiro, na goleada por 5 x 0 sobre o Gillingham, no Stamford Bridge. Ele viria a ser o quintal de sua casa. Posteriormente, foi emprestado ao Nottingham Forest, para adquirir experiência, atuando em míseras seis partidas. Retornou ao clube, sendo eleito o melhor jogador nas temporadas 2001 e 2006.

CAPITÃO E ÍDOLO 

Desse modo, em 2003, recebeu a primeira convocação no English Team, por Sven-Göran Eriksson. Lá acabou marcando seis gols. Disputou as Copas de 2006, na Alemanha, e 2010, na África do Sul. No Campeonato Inglês, obteve cinco títulos: 2005, 2006, 2010, 2015 e 2017. Enquanto isso, também conquistou a Copa da Inglaterra em 2000, 2007, 2009, 2010 e 2012. Além disso, foi três vezes campeão da Copa da Liga Inglesa, nos anos de 2005, 2007 e 2015.

Todavia, as duas maiores conquistas foram a Champions de 2012 e a Liga Europa de 2013. Foi eleito o melhor defensor da Europa pela UEFA nas temporadas de 2005, 2008 e 2009. Anunciou que não jogaria mais pela Seleção em 23 de Setembro de 2012. Assim, seis anos depois, confirmou que não jogaria mais futebol. Ganhou um cargo no último clube na comissão técnica.

Foto Destaque: Reprodução/Michael Regan/Getty Images

Renan Silva
26 anos, natural de Osasco. Graduado em Jornalismo pelas Faculdades Integradas Rio Branco. Apaixonado por Esportes e Rock n Roll, durante a infância jogou Futebol de Salão e na adolescência praticou Artes Marciais. Sempre teve gosto pela leitura, sendo um fã assíduo das revistas TATAME e PLACAR (da qual possui coleção até hoje).

Artigos Relacionados