Técnico do Avaí, Rodrigo Santana afirma se sentir seguro com protocolos de segurança do clube

- A equipe voltará a campo no começo de julho pelas quartas de final do estadual
Rodrigo Santana Avaí

Em entrevista concedida à TV Avaí, canal oficial do clube no YouTube, o técnico Rodrigo Santana fala sobre como vem sendo os treinamentos da equipe azurra. Entretanto, ressaltou que a campanha que o Avaí fez na primeira fase foi boa, assim sendo teria vantagem de enfrentar seus adversários em casa até o final do estadual.

“Estamos treinando em gramado diferente do nosso e isso prejudicará, pois ficaremos em desvantagem”, destaca Rodrigo Santana.

O técnico afirma se sentir seguro com o trabalho realizado pelo clube, observando os protocolos de segurança adotados. Aliás, ele elogiou as autoridades municipais pelo controle da epidemia.

Estamos dentro de um Protocolo. Eu tenho família, três filhos e sinto-me seguro para realizar o meu trabalho, pois sei que isso é respaldado pelos protocolos de segurança. Não haverá risco para ninguém com a volta dos treinos coletivos e as competições. Na Ressacada, por exemplo, é muito mais seguro”, concluiu.

Confira a entrevista completa abaixo:

Conforme anunciado pela Federação Catarinense de Futebol em nota oficial, no dia 9 de junho, os clubes classificados retornam a campo para disputar as quartas de final. Aliás, o jogo de reabertura que marcará o retorno será entre Criciúma e Marcílio Dias, às 19h, no estádio Heriberto Hülse, em 08 de julho. Sobretudo, na noite do mesmo dia,  Chapecoense receberá o Avaí, na Arena Condá.

Foto Destaque: André Palma Ribeiro/Avaí FC

 

 

Tathiane Marques

Sobre Tathiane Marques

Tathiane Marques já escreveu 298 posts nesse site..

Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

BetWarrior


Poliesportiva


Tathiane Marques
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

    Artigos Relacionados

    Topo