Corrupções no Calcio: “Calciopoli”, o maior escândalo do futebol italiano

- A Juventus foi a maior penalizada, tendo o dirigente Luciano Moggi como figura central do esquema

Escândalo Calciopoli

O Calciopoli foi o maior escândalo do futebol italiano. Além disso, é um dos casos de corrupção mais marcantes do esporte. Em resumo, investigações descobriram em 2006 um esquema para manipular resultados. O mesmo envolveu cartolas e árbitros. O processo, confuso e corrido, rende até os dias atuais. Ao final,

Antes dos contratos milionários: a corrupção no futebol chinês

- Conhecido por transações em valores altíssimos, também esporte conhecido por grandes casos de manipulação de jogos na China

corrupção china

Antes de se tornar uma potência futebolísticas com contratos milionários e transferências de valores altos, o futebol chinês foi palco de uma grande crise em virtude de casos de corrupção. Contudo, esses casos de manipulação de resultado por meio de suborno fez a Associação Chinesa de Futebol adotar medidas de

Justiça rejeita recursos de presidente do PSG

- Nasser Al-Khelaïfi é acusado em um caso de corrupção

Presidente do PSG

As coisas não estão tão positivas para o presidente do Paris Saint-Germain. A justiça suíça acabou negando os recursos apresentados por Nasser Al-Khelaïfi. O mesmo é acusado de corrupção em uma caso relacionado à concessão de direitos televisivos da Copa do Mundo. Além do PSG, Khelaïfi é o mandatário do grupo

Escândalo Calciopoli: Juventus apresenta seu 30º para conseguir o título de 2006

- Após 29 tentativas frustradas, a Juve apresenta mais uma

escandalo calciopoli

Para quem não conhece, o escândalo Calciopoli foi um esquema de manipulação de resultado. O processo foi descoberto por meio de uma outra operação, e acabou que por acaso dirigentes fossem grampeados ilegalmente para conseguir informações. O escândalo foi vindo a tona aos poucos, quando os áudios eram vazados com conversas

Operação Cartola: corrupção e manipulação de resultados no futebol paraibano

- Policia Civil e Ministério Público da Paraíba tiveram acesso a documentos e a escutas telefônicas

O futebol paraibano foi alvo das investigações da Policia Civil do Estado, durante um período de seis meses. O Ministério Público autorizou os policiais a grampear as linhas telefônicas dos principais personagens do futebol de Paraíba, tudo para ter provas suficientes de como os resultados eram manipulados e quem realmente