Adeus ao supersticioso treinador Alfredinho

Se hoje treinador de futebol se debruça em táticas, no passado centrava atenções basicamente em seu elenco, além de serem supersticiosos, catimbeiros e feiticeiros. Alfredo Sampaio Filho, o cearense Alfredinho, morto dia quatro de abril passado aos 90 anos de idade, em Ribeirão Preto (SP), misturava citadas características ao relativo