Nesta terça-feira (15), tivemos a 8ª e antepenúltima rodada do Grupo D das Eliminatórias para a Euro 2020. Enquanto a seleção da Dinamarca folgou na rodada e goleava Luxemburgo, em um amistoso, Gibraltar recebia a Geórgia em um jogo bastante movimentado. Os donos da casa sofreram dois gols logo no início da partida, mas surpreenderam ao conseguir igualar o marcador. No entanto, minutos antes do fim sofreu o terceiro e mais uma vez saiu de campo sem conquistar nenhum ponto. Simultaneamente, a Suíça enfrentou e venceu a Irlanda por 2 x 0, embolando ainda mais o grupo.

Com este resultado a seleção da Suíça chega a 11 pontos, e a tendência é de conquistar mais seis enfrentando Geórgia e Gibraltar. Por outro lado, A Irlanda que conquistou apenas um ponto de seis disputados nos últimos dois jogos, terá um confronto direto com a Dinamarca na última rodada. Contudo, antes desse duelo, os dinamarqueses recebem a seleção de Gibraltar, último colocado no grupo, com nenhum ponto e 18 gols sofridos e, certamente, vai conquistar a vitória. Sendo assim, teriam três pontos a mais que os irlandeses (15×12) e jogariam por um empate na rodada final.

ELIMINATÓRIAS DA EURO 2020 – 8ª RODADA

Gibraltar 2×3 Geórgia

Jogando fora de casa, a seleção da Geórgia precisando da vitória foi para cima e conquistou um bom resultado ainda na primeira etapa. Aos 10′, Giorgi Kharaishvili abriu o placar, minutos depois, Jaba Kankava ampliou. Até então, era um jogo tranquilo onde os donos da casa não demonstravam nenhuma chance de recuperação, com apenas 37% de posse de bola e nenhuma finalização ao gol.

No entanto, a seleção de Gibraltar passou a ser eficiente no contra-ataque, trocando poucos passes e surpreendeu ao igualar o marcador em oito minutos na etapa final, Lee Casciaro e Rony Alan foram os autores dos gols. Até então, a equipe não havia marcado nenhuma vez nas outras cinco partidas, de certa forma, uma surpresa aos torcedores presentes no Victoria Stadium. Porém, minutos antes do fim, Giorgi Kvilitaia, que havia entrado no decorrer da partida, marcou o terceiro e último da Geórgia, o gol da vitória.

Suiça 2×0 Irlanda

Apesar dos números mostrar um certo equilíbrio, os donos da casa foram melhores durante toda a partida. Já aos 5’, Granit Xhaka arriscou de fora da área, a bola desviou e Darren Randolph fez boa defesa. Mas, em seguida, o irlandês foi superado quando Haris Seferovic chutou forte e rasteiro no canto inferior esquerdo, sem chances para o goleiro: 1 x 0. A melhor oportunidade da Irlanda foi com a cabeçada de Shane Duffy, mas Yann Somme defendeu de forma bem segura. No retorno para a segunda etapa, Seferovic quase aumentou a vantagem, mas Randolph, no reflexo, mandou para escanteio. Poucos minutos depois, o zagueiro Fabian Schar de cabeça quase ampliou, mas a bola parou na trave.

Faltando pouco mais de dez minutos para acabar a partida, Seamus Coleman foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo por impedir uma finalização com a mão dentro da área. No entanto, na cobrança de pênalti, Ricardo Rodriguez parou nas mãos de Randolph, grande destaque da seleção irlandesa. E já nos acréscimos, Edimilson Fernandes chutou, Shane Duffy tentou cortar, mas acabou marcando contra, dando números finais a partida, com 2 x 0, para a Suíça.

https://twitter.com/SFV_ASF/status/1184233034326917120?s=20

Avatar
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados