Sporting Cristal x Godoy Cruz – Pela 1ª vitória na Libertadores

O estádio Alberto Gallardo, em Lima, será o cenário nesta terça-feira (12), do confronto envolvendo Sporting Cristal e Godoy Cruz. A partida faz parte da programação da 2ª rodada do grupo C da Copa Libertadores da América temporada 2019, que tem também o Universidad de Concepción (Chile) e o Olimpia (Paraguai). O início está previsto para 21h30 (horário de Brasília).

Sporting Cristal

A equipe peruana mostrou grande capacidade de reação em sua partida de estreia. Contra o Universidad de Concepción, no Chile, ficou em desvantagem de 2 x 0 e chegou ao empate. Levou 4 x 2, mas alcançou novamente a igualdade. Acabou, no entanto, levando um gol nos acréscimos da etapa final que fez com que deixasse o campo derrotada por 5 x 4. Até então, o Sporting Cristal não havia sofrido um gol sequer nos jogos oficiais que fez na temporada 2019.

A reação não tardou. No sábado (9), pela 4ª jornada da Liga 1, o Campeonato Peruano, em casa, bateu o Union Comercio, por 1 x 0, conservando a liderança isolada do torneio. Foi o único time a alcançar aproveitamento de 100%. A vantagem na comparação com o Universitário, 2º  colocado, é de dois pontos. O técnico chileno Francisco Bozan, no entanto, usou não apenas um time completamente diferente como também uma tática diferenciada em relação àquela que aplicou no primeiro jogo da Libertadores. No encontro pelo  Apertura colocou o time com quatro defensores, três meio campistas e três atacantes.

No jogo contra o Universidad de Concepción, também teve linha defensiva de quatro, mas protegida por dois volantes de contenção, três meio campistas e somente um atacante. Deve repetir tanto o time quanto o formato no encontro desta terça-feira.

Godoy Cruz

Uma pesquisa mais apurada sobre a história da Copa Libertadores da América talvez possa colocar o encontro entre Godoy Cruz e Olimpia, pela 1ª rodada, como um dos menos interessantes jogos do torneio. Se os goleiros das duas equipes tivessem resolvido faltar ninguém sentiria falta. Não houve um chute sequer na direção do gol durante os 90 minutos mais acréscimos.

Diante desse cenário, o empate por 0 x 0 foi natural. Reflexo da falta de ambição do Godoy Cruz, que não gosta de ter a bola nos pés. Teve a pelota por 31% contra os paraguaios e tentou sete finalizações. Cinco delas foram para fora e duas acabaram bloqueadas pela defesa rival. O Olimpia, com 69% de posse de bola, preferiu usá-la de forma defensiva. Também tentou somente sete finalizações ao longo do confronto. Quatro para fora e três bloqueadas.

No sábado (9), o Godoy Cruz, novamente em casa, chegou ao terceiro empate consecutivo por 0 x 0. Dessa vez pela 22ª rodada do Campeonato Argentino contra o Rosario. Foi o quinto jogo seguido em que deixou o campo sem ter feito gol. Com 28 pontos (oito vitórias, quatro empates e dez derrotas), ocupa a 14ª colocação na Superliga Argentina.

https://twitter.com/clubgodoycruz/status/1105266298395811841?s=21

RETROSPECTO

Este será o primeiro duelo entre as equipes.

Alexsander Vieira
O princípio de que o jornalismo deva ser ensinado e que não é racional deixar que o jornalista se forme por si mesmo.
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados