Sport anuncia saída do técnico Umberto Louzer

No último domingo (22), o Sport enfrentou, em seus domínios, o São Paulo, em confronto direto para fugir da zona de rebaixamento. Contudo, reeditando um futebol de pouca qualidade ofensiva, o Leão perdeu, por 1 x 0, com gol de Pablo, nos minutos iniciais de jogo. Como consequência, em post em suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (23), a diretoria rubro-negra anunciou a demissão do treinador Umberto Louzer.

A bem da verdade, como afirmado pelo clube, a saída do técnico se deu de forma amigável e em acordo com a cúpula leonina. Sendo assim, a queda do treinador não entra na contagem das limitações a trocas nos clubes durante a Série A, iniciadas nesta edição. Em contrapartida, em caso de demissão, o Sport somente poderia contratar mais um comandante na atual competição. Portanto, Umberto Louzer comandou o Leão por 22 jogos, com seis vitórias, oito empates e oito derrotas, e aproveitamento de penas 39,3%.

PASSAGEM DE UMBERTO LOUZER NO SPORT

Dessa forma, Umberto Louzer chegou ao Sport na reta final do Pernambucano, em abril, em substituição a Jair Ventura. A saber, que havia mantido o clube na Série A, mas que padeceu após eliminações precoces na Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Logo, com vitórias em sequência, o Leão se classificou para fase final do estadual na vice-liderança da primeira fase e chegou a decisão da competição. No entanto, perdeu o título para o rival Náutico.

Enquanto isso, na Série A, Umberto Louzer vivenciou a crise técnica já conhecida e um ambiente tumultuado politicamente, com o clube sem presidente por um mês, após a renúncia de Milton Bivar. Além disso, no elenco, teve que administrar incidentes de indisciplina, como os do atacante Mikael e do lateral-direito Patric, que já deixou o clube, e de lesões, que lhe impediram de repetir a escalação por mais de uma rodada.

Coincidentemente, após a vitória de Leonardo Lopes nas eleições presidenciais, o Sport de Louzer esboçou uma reação, ficando quatro rodadas sem perder e sem sofrer gols, sendo duas vitórias e dois empates. No entanto, as derrotas na sequência para Flamengo e São Paulo condenaram o trabalho do treinador, após 17 jogos na competição e apenas oito gols marcados. Ironicamente, o Leão tem uma das melhores defesas, com apenas 14 gols sofridos.

Portanto, enquanto aguarda a definição de um novo treinador, o Sport se prepara para o próximo jogo, diante da Chapecoense. Logo, o novo confronto direto contra a degola, acontece neste sábado (28), às 17h (horário de Brasília). Assim, na 18ª colocação, com 15 pontos, o Leão ainda pode perder uma posição em caso de empate ou vitória do América-MG no complemento da rodada.

Foto destaque: Reprodução/Marlon Costa/Pernambuco Press

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."