Sport anuncia primeiro reforço para a próxima temporada

Em meio a proibição de inscrição de novos jogadores, o Sport segue firme no mercado da bola mapeando possíveis reforços para a temporada 2022. Sendo assim, nesta quinta-feira (23), o Leão anunciou sua primeira contratação. A saber, trata-se do volante argentino Nicolás Watson, de 23 anos, vindo do Instituto do Córdoba, clube da segunda divisão da Argentina. Agora, ele é aguardado na reapresentação do elenco em janeiro.

QUEM É NICOLÁS WATSON?

Inicialmente, natural de Córdova, na Argentina, Nicolás Watson é volante de origem e, segundo nota oficial do Sport, é rápido, de boa capacidade física e pode atuar tanto mais avançado, saindo com a bola, quanto defensivamente. Assim, revelado pelo Instituto de Córdoba em 2019, teve maior destaque neste ano quando participou de 33 jogos pelo clube argentino. Apesar de não ter marcado gol, o atleta foi o quinto jogador de linha que mais atuou no país, com mais de 2.600 minutos.

Dessa forma, raramente substituído, o volante foi um pedido do técnico paraguaio Gustavo Florentín. A saber, Nicolás Watson chega ao Sport por empréstimo até novembro de 2022 com opção de compra ao final do contrato, no valor de 400 mil dólares, ou quase dois milhões e trezentos mil reais, por 70% dos direitos econômicos.

POSIÇÃO CARENTE NO SPORT

Portanto, Nicolás Watson terá uma disputa aberta pela titularidade, já que volante é uma das posições mais críticas na montagem do elenco leonino para 2022. Isso porque, com a saída de José Welison, um dos destaques em meio a campanha de rebaixamento na Série A e com dificuldades para renovar com Marcão, o Sport conta praticamente com atletas da base no setor. Além disso, o clube segue em uma crise financeira e tem entraves para manter seus melhores jogadores na virada da temporada.

Por fim, em 2022, o Sport voltará a jogar a Série B, após dois anos do último acesso. Ainda mais, terá pela frente o Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. A princípio, o objetivo do Leão é ter um desempenho digno em todos os torneios, algo que não vem acontecendo nos últimos anos, com sucessivos vexames históricos.

Foto destaque: Divulgação/Instituo Córdoba

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."