Em 12 de janeiro o Shanghai SIPG mudou seu nome para Shanghai Haigang Football Club. Assim, na tradução brasileira, seria Porto de Xangai, o que não muda muito as siglas SIPG (Shanghai International Port Group). Porém, para facilitar a comunicação global, o nome popular fica Shanghai Port.

O clube cumpriu com as exigências da Associação Chinesa de Futebol que obrigou o clubes, para temporada de 2021, que retirassem os nomes dos donos, investidores ou patrocinadores e alterassem sua nomenclatura para nomes “mais neutros”. Portanto, nome de acionistas como Shanghai East Asia (Group) Co. Ltd. e o Shanghai Genbao Football Club Base Co. Ltd. não podem por seu nome no clube. Antes disso, os clubes enviaram sugestões de nomes neutros à Associação e receberam feedback da mesma.

Anteriormente, de acordo com o “Oriental Sports Daily”, o nome da nova equipe do Shanghai SIPG buscava nomes como “Shanghai City”, “Shanghai United”, “Shanghai East Asia” e “Shanghai Red Eagle”. Assim, era uma forma de combinar a integração urbana ao espírito e significado da herança do clube. Contudo, acabou optando por Shanghai Haigang, vulgo Shanghai Port. Além do SIPG, outros clubes também trocaram de nome. O Shandong Luneng, por exemplo, passou a se chamar Shandong Taishan. Enquanto isso, o Evergrande se tornou Guangzhou FC e o Jiangsu Suning virou Jiangsu FC.

Últimas do Shanghai Port

Como todo mundo já deve saber, o astro do antigo SIPG, o brasileiro Hulk, já não mais veste o manto dos Red Eagles. Entretanto, seu compatriota Oscar segue nome time para a nova temporada. Outro brasileiro no clube é Ricardo Lopes. Ainda existe um terceiro brasileiro na equipe, mas no banco. Trata-se do fisioterapeuta Eduardo Santos. Fecham a lista de estrangeiros o austríaco Marko Arnautović, o australiano Aaron Mooy, o croata Anto Majstorovic e o técnico, também da Croácia, Ivan Leko.

Foto destaque: Edição / FNV

Avatar
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi